UOL Esporte Campeonato Inglês
 
10/04/2010 - 14h53

Sem brilho, Chelsea vence Aston Villa e vai à final da Copa da Inglaterra

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O Chelsea se tornou o primeiro finalista da Copa da Inglaterra. Neste sábado, a equipe londrina, atual campeã do torneio, não fez uma grande partida, mas derrotou o Aston Villa por 3 a 0 - gols marcados por Didier Drogba, Florent Malouda e Frank Lampard.

INGLÊS: PORTSMOUTH CAI

Com os principais jogos da 34ª rodada do Campeonato Inglês espalhados entre o domingo, a terça e a quarta-feira, o sábado ficou reservado para dois jogos importantes na luta contra o rebaixamento. Pior para o Portsmouth. Sem nem mesmo entrar em campo, o time, que sofre com dividas, foi rebaixado para a segunda divisão inglesa.

Neste sábado, o West Ham determinou o primeiro rebaixado do Inglês ao bater o o Sunderland por 1 a 0, gol do brasileiro Ilan. A equipe chegou a 31 pontos e não pode mais ser ultrapassada pelo Portsmouth, 14 pontos, que joga na quarta-feira contra o Wigan.

Em toda a partida, os jogadores das duas equipes encontraram dificuldades no escorregadio gramado do estádio Wembley. Quem esperava uma nova goleada do Chelsea, que vencera o rival por 7 a 1 em 27 de março no Inglês, viu o Aston Villa criar as primeiras boas chances.

Aos 15min, Milner chutou rasteiro da entrada da área e a bola passou rente à trave direita do goleiro Cech. No minuto seguinte, Agbonlahor reclamou que foi derrubado por Mikel dentro da área; o juiz nada marcou, para protesto dos jogadores do Aston Villa.

Aos poucos, o Chelsea foi para o ataque, mas sem criar muitas ocasiões de perigo. Aos 35min, Malouda cruzou para Drogba, mas o chute do marfinense foi bloqueado por Warnock. Joe Cole tentou de primeira aos 39, mas o goleiro Friedel pegou com facilidade.

Na segunda etapa, Carew perdeu uma boa chance para o Aston Villa ao cabecear para fora aos 2min. Young desceu pela direita, aos 16min, e exigiu boa defesa de Cech. Quem abriu o placar, porém, foi o Chelsea. Após escanteio cobrado da direita, aos 22min, a defesa dos Villains afastou mal, Terry chutou e Drogba desviou para as redes, em seu 32º gol na temporada.

O Aston Villa sentiu o gol e não repetiu a mesma pressão sobre o Chelsea. Os Blues, com a tarefa facilitada, ampliaram a vantagem aos 44min. Ballack cruzou da direita e Malouda fez o segundo. Nos acréscimos, Friedel fez grande defesa em chute de Kalou; no rebote, Malouda teve a chance de fazer o terceiro, mas mandou para fora. Aos 49min, após contra-ataque, a bola ficou com Lampard, que driblou seu marcador e tocou no canto de Friedel.

No domingo, será conhecido o outro finalista da Copa da Inglaterra. Às 12h (horário de Brasília), Tottenham e Portsmouth se enfrentam em Wembley. A partida terá transmissão ao vivo da emissora de tevê ESPN Brasil.

Na bronca

Martin O'Neill não escondeu sua irritação com John Terry. O técnico do Aston Villa acusou o zagueiro do Chelsea de dar uma entrada que poderia "encerrar a carreira" de James Milner.

"Ele teve muita sorte de sua carreira não ter terminado ali", disse o técnico. Na jogada, Terry atingiu a perna do meio-campista do Aston Villa, perto do joelho. O zagueiro do Chelsea levou apenas um cartão amarelo.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host