UOL Esporte Campeonato Inglês
 
18/04/2010 - 11h22

Wigan vira em dez minutos e deixa o Arsenal longe da briga pelo título

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O Arsenal teve tudo para se manter bem na briga pelo título do Campeonato Inglês, aproveitando-se do tropeço do Chelsea, mas em um "apagão" de dez minutos permitiu a virada do Wigan. Jogando fora de casa, a equipe vencia por 2 a 0 até os 35 minutos do segundo tempo e viu o placar ser fechado em 3 a 2.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO DO INGLÊS

TIME
P
V
SG
1. Chelsea
77
24
54
2. Manchester United
76
24
51
3. Arsenal
71
22
39

O Arsenal, assim como o vice-líder Manchester United, tinha sido beneficiado pela derrota do Chelsea neste sábado. O time foi derrotado por 2 a 1 pelo Tottenham, quarto colocado da liga inglesa. No entanto, a equipe não soube aproveitar isso.

Foi a primeira vitória do Wigan sobre o Arsenal na história do duelo dos times na liga inglesa. Com seis pontos de desvantagem para o Chelsea na 35ª rodada, a situação do Arsenal ficou complicada atrás dos líderes.

“Não fomos focados, não tivemos disciplina e fomos pegos”, disse o técnico Arsene Wenger. “No futebol, você tem de ficar focado durante os 90 minutos, senão se arrisca a ser punido.”

Jogando fora de casa, os terceiros colocados do Inglês começaram a partida tentando pressionar, mas ainda sem conseguir organizar seu time e criar boas chances. A boa marcação dos rivais à frente da área dificultou a chegada do time em busca do primeiro gol durante toda a etapa inicial.

A situação só mudou aos 41 minutos, quando a equipe enfim chegou ao gol. Walcott recebeu um belo passe na entrada da área e, perseverante, conseguiu evitar a marcação de dois defensores para bater desequilibrado na saída do goleiro e fazer 1 a 0.

A segunda etapa começou com jogada polêmica. O Wigan reclamou de pênalti em um puxão dentro da área em Ben Watson. Logo em seguida, em escanteio pela direita, o zagueiro Silvestre cabeceou no meio da área e a bola entrou quicando lentamente no canto esquerdo, ainda aos três minutos.

O Wigan tentou diminuir a distância e colocou pressão nos visitantes, mas a marcação forte do Arsenal se mostrou eficiente, parecendo que só tinha de encaminhar o jogo para o fim.

A virada começou aos 35 minutos. Com apenas dez minutos para o fim o Wigan trouxe de volta a emoção na partida, quando Watson fez 2 a 1 ao receber a bola cruzada rasteira no meio da área e marcar.

Aos 43 minutos veio o empate. Em cruzamento na grande área, o goleiro Fabianski chegou a defender, mas soltou a bola e Bramble apareceu para completar de cabeça. Dois minutos depois, a virada veio em uma jogada de NZogbia, que pegou a bola na entrada da área, limpou o marcador e fez um belo gol, para delírio do torcedor do Wigan, que vê o time virtualmente mantido na Primeira Divisão.

Completando a rodada, o Aston Villa entrou na zona de classificação para a Liga Europa, passando o Liverpool na sexta colocação. A equipe enfrentou o lanterna Portsmouth e ficou com o triunfo por 2 a 1 fora de casa. John Carew e Delfouneso marcaram para os vencedores, e Michael Brown descontou.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host