UOL Esporte Campeonato Inglês
 
15/05/2010 - 12h54

Chelsea fatura bi da Copa da Inglaterra e faz "double" pela 1ª vez na história

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Logo após da partida, o lateral brasileiro Belletti colocou em seu twitter uma foto com a taça

    Logo após da partida, o lateral brasileiro Belletti colocou em seu twitter uma foto com a taça

Foi bem mais complicado do que se esperava, mas o Chelsea alcançou feito inédito. Após acertar cinco bolas na trave somente no primeiro tempo e ainda ver seu goleiro Cech defender um pênalti quando o duelo estava empatado, o time londrino derrotou o modesto Portsmouth por 1 a 0, no estádio de Wembley, e se tornou bicampeão da Copa da Inglaterra.

O título, aliás, é significativo para a equipe treinada por Carlo Ancelotti, que alcançou o “double” --Campeonato Inglês e Copa da Inglaterra-- pela primeira vez em sua história. Foi o sexta conquista do Chelsea no torneio mais antigo do futebol mundial. Já Portsmouth termina a temporada rebaixado na Premier League e afundado em dívidas.

Diante disso, o técnico do Chelsea sabia que o rival não era dos mais complicados. Por isso, colocou sua força em campo. Com um trio ofensivo (Kalou, Drogba e Anelka), pretendia pressionar bastante o adversário e, se possível, resolver rapidamente o confronto. O que se viu no primeiro tempo foi uma incrível pressão dos londrinos. Para se ter ideia, foram cinco bolas na trave do Portsmouth.

JOHN TERRY 'CORNETA' O GRAMADO DE WEMBLEY

O capitão do Chelsea, John Terry, reclamou muito da qualidade do gramado de Wembley. O zagueiro disse que a areia usada no campo é "inaceitável". "O gramado arruinou a final. Este é provavelmente o pior gramado em que jogamos em toda a temporada", disse Terry.

"A FA [Federação Inglesa] deve definir se isto é um campo de futebol ou uma arena multi-uso", disse o capitão do Chelsea. Terry e a seleção inglesa devem jogar uma partida de preparação para a Copa do Mundo em Wembley no dia 24, contra o México.

No lance mais incrível, aos 26min, Kalou apareceu sozinho dentro da área. No entanto, o atacante de Costa do Marfim acertou o travessão, desperdiçando uma inacreditável oportunidade. Drogba, duas vezes, Lampard e Terry, numa cabeçada, também viram a bola se chocar contra a trave do goleiro David James na etapa inicial.

Isso sem contar outras inúmeras chances. Foram 12 finalizações do Chelsea contra apenas uma do Portsmouth. Aliás, esse único chute do time treinado por Avram Grant levou muito perigo ao gol dos londrinos. Aos 22min, Piquionne desviou e viu o goleiro Cech realizar uma espécie de “milagre” no estádio Wembley.

Como saiu ileso no primeiro tempo, o Portsmouth tentou se arriscar ao ataque. E esteve bem próximo de abrir o marcador. Aos 9min, o brasileiro Belletti, que havia entrado em campo nos minutos finais da primeira etapa, cometeu pênalti em cima de Dindane. Para sua sorte, Boateng cobrou mal, e Cech fez a defesa.

O erro custou caro para o Portsmouth. Logo depois, aos 11min, Drogba cobrou falta e fez 1 a 0. Detalhe: a bola ainda bate na trave antes de entrar para o fundo das redes. Além do gol do título, o atacante já havia sido artilheiro do Inglês, com 29 gols. O resultado poderia ser mais elástico. Aos 43min, porém, Lampard bateu para fora uma cobrança de pênalti.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host