UOL Esporte Campeonato Inglês
 
20/10/2010 - 15h28

Em comunicado, Rooney confirma intenção de deixar o Manchester United

Das agências internacionais
Em Londres (Inglaterra)

O atacante Wayne Rooney confirmou que deseja abandonar o Manchester United. Através de comunicado enviado à imprensa nesta quarta-feira, o atacante da seleção inglesa confirma que não irá renovar o seu contrato com os Red Devils, porque não teve garantias de que o clube irá lutar por títulos no futuro.

As especulações da imprensa inglesa, entretanto, apontam um desentendimento entre Rooney e Alex Ferguson, treinador do Manchester United. O problema teria começado depois que jornais do país publicaram um caso de traição do jogador. O treinador, então, barrou o atacante da equipe titular.

Com contrato até 2012, Rooney revela que teve encontros com seu empresário e dirigentes do United em agosto. Entretanto, as conversas não resultaram em um acordo. “Durante estas reuniões, pedi garantias sobre a capacidade permanente do clube em atrair os melhores jogadores do mundo”, comentou o atleta.

Rooney exalta o respeito que tem pelo Manchester United e afirma que a sua decisão de deixar o clube passa apenas pela vontade de continuar conquistando títulos. “Acredito que a minha intenção é algo que se justifica”, assinala o atacante.

Apesar de admitir problemas de relacionamento com Alex Ferguson, Rooney ressalta ter uma dívida com o treinador. “Ele é um grande técnico e um mentor que me ajudou e me apoiou desde o dia que me contratou, quando eu tinha apenas 18 anos. Por amor ao Manchester United, eu gostaria que ele pudesse continuar para sempre no clube, porque é um gênio dentro e fora de campo”, encerrou o jogador.

As especulações sobre o futuro de Rooney – que já eram grandes – devem aumentar ainda mais após o anúncio do jogador sobre a vontade de sair do Manchester. Chelsea, Tottenham e Real Madrid já admitiram ter interesse em contratá-lo. Os três clubes pretendem avançar na negociação com o atacante na janela de transferências de janeiro. Nesta quarta-feira, o Manchester City negou que irá tentar contratar o jogador.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host