Alvo na Inglaterra, Guardiola pede desculpas a técnicos com cargo em risco

Do UOL, em São Paulo

  • NIGEL TREBLIN / AFP

    Manchester City, Chelsea e Manchester United sondaram o técnico espanhol

    Manchester City, Chelsea e Manchester United sondaram o técnico espanhol

O anúncio de Pep Guardiola de que pretende seguir para a Inglaterra no segundo semestre causou alvoroço no futebol britânico. Manchester City, Chelsea e Manchester United poderiam ser o destino do técnico espanhol.

A disputa por Guardiola gerou pressão sobre Manuel Pellegrini, Guus Hiddink e Louis van Gaal, atuais treinadores de City, Chelsea e United, respectivamente.

Em entrevista coletiva, Guardiola se desculpa pela pressão que indiretamente colocou nos treinadores dos times ingleses.

"Eu sinto muito. Normalmente, na minha carreira como jogador e treinador eu respeito os meus colegas. Então eu sinto muito por isso. Não era a minha intenção".

"Eu vou revelar o clube somente quando assinar", complementou.

Guardiola não dá pistas sobre o clube inglês que assumirá. A certeza é que ele não permanecerá no Bayern de Munique.

Atual comandante do Manchester City, Manuel Pellegrini tem vínculo até junho de 2017. O mesmo acontece com Van Gaal no United. Van Gaal, aliás, pretende se aposentar após o término do contrato.

Já o Chelsea terá os serviços de Guus Hiddink somente até o fim do primeiro semestre de 2016.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos