Leicester dá baile fora de casa no Manchester City e se firma na liderança

Do UOL, em São Paulo

  • Nigel Roddis/EFE/EPA

    Huth marcou duas vezes e ajudou o Leicester a abrir seis pontos para o City

    Huth marcou duas vezes e ajudou o Leicester a abrir seis pontos para o City

A cada jogo, o conto de fadas do Leicester City no Campeonato Inglês vai se tornando mais real. Neste sábado, em jogo pela 25ª rodada da competição, o surpreendente time comandado por Claudio Ranieri visitou o Manchester City e aprontou mais uma, derrotando o principal adversário na briga pelo título 3 a 1. Robert Huth marcou dois gols.

O confronto foi de fundamental importância para o Leicester uma vez que, antes da rodada, os dois times disputavam entre si a liderança do Inglês – os visitantes tinham 50 pontos, enquanto o City tinha 47. Melhor para os comandados de Claudio Ranieri, que chegaram a 53 pontos e abriram confortável vantagem na primeira posição.

O jogo foi também o primeiro do Manchester City após o anúncio de que Pep Guardiola será o técnico da equipe na próxima temporada. Atual ocupante do cargo, o chileno Manuel Pellegrini foi homenageado pela torcida com uma faixa, e retribuiu com acenos às arquibancadas antes do pontapé inicial.

Andrew Yates/Reuters
Torcida do Manchester City homenageia Manuel Pellegrini com faixa nas arquibancadas
Embora o time de Pellegrini tivesse a vantagem de jogar em casa, o Leicester City começou a partida se impondo. Logo aos 3 min do primeiro tempo, Mahrez cobrou falta pela direita, e Huth se antecipou à defesa anfitrião para escorar para as redes.

Com o placar adverso, o Manchester City passou a pressionar em busca do gol antes do intervalo, sem sucesso. Aos 15 min, David Silva invadiu a área em jogada individual pela esquerda e arriscou o tiro cruzado, mandando perigosamente rente à trave. Mais tarde, com 31 min, Agüero recebeu na direita e chutou, obrigado Kasper Schmeichel a fazer boa defesa.

O Leicester, embora tivesse menos possa de bola, também criou oportunidades perigosas. Com 8 min, Vardy bateu da entrada da área, mas em cima do goleiro Joe Hart; depois, aos 22 min, Vardy cruzou rasteiro pela esquerda, mas Okazaki não chegou a tempo para desviar.

Mas se a situação parecia difícil para o City no primeiro tempo, tornou-se ainda mais complicada para aos 3 min do segundo. Em rápido contra-ataque, Mahrez recebeu na intermediária, passou por Otamendi na entrada da área e bateu no canto do imóvel Joe Hart para ampliar para o Leicester.

Em sua melhor oportunidade no jogo até então, o City quase marcou aos 8 min, em cobrança de escanteio pela direita – Fernando desviou de cabeça, mas Schmeichel defendeu no reflexo, desviando com a perna esquerda. A resposta? Aos 15 min, Huth aproveitou o escanteio cobrado pela esquerda e cabeceou para ampliar o marcador, fazendo seu segundo na partida.

Batido, o Manchester ainda quase viu o rival marcar o quarto gol aos 36 min, em arrancada de Vardy que Hart defendeu à queima-roupa. No fim, aos 42 min, Agüero aproveitou o cruzamento pela direita e desviou de cabeça para diminuir o prejuízo do City. Os donos da casa ainda pressionaram no fim, mas não a tempo de fazer o segundo gol.

Os dois times voltam agora a entrar em campo no próximo domingo (14), pela 26ª rodada do Campeonato Inglês. Enquanto o Leicester visita o Arsenal, o Manchester City recebe o Tottenham. A zebra inglesa ainda tem pela frente desafios contra Manchester United (em abril) e Chelsea (em maio).

UOL Cursos Online

Todos os cursos