Ele abandonou o líder do Inglês por causa da mulher e quebrou a cara

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Twitter

    Kate (e) pediu e James (d) aceitou: deixou de ir aos jogos do Leicester

    Kate (e) pediu e James (d) aceitou: deixou de ir aos jogos do Leicester

Nem o mais otimista torcedor do Leicester City imaginava que o time se tornaria um real candidato ao título do Campeonato Inglês. James Diamond se inclui nisso. Em abril do ano passado, sua mulher pediu para que não renovasse o carnê de ingressos para a atual temporada. Ele aceitou. Ficou sem os bilhetes, não está indo aos jogos e provavelmente verá pela televisão a possível conquista histórica. E ela está tão ou mais arrependida que ele.

Kate Diamond, a esposa, foi quem revelou a história acima e a popularizou ao publicá-la no Twitter. "Acho que a lembrança do meu marido dessa campanha histórica do Leicester será nossa conversa, em abril, quando eu o convenci a não renovar o carnê de ingressos desta temporada", escreveu a professora.

O texto foi compartilhado mais de três mil vezes e ganhou quase duas mil curtidas. Ela mesma acrescentou logo em seguida: "Volte no fim da temporada para conferir se nosso casamento sobrevive a essa decisão".

Os comentários foram dos mais diversos. A maioria, segundo ela, sugeriu que James terminasse o casamento. Outros ironizaram aconselhando Kate a confortar o marido dizendo: "é só um jogo". Muitos se divertiram com a história e usaram o mesmo bom humor da professora. Mas o fato é que até ela se surpreendeu com o tamanho da repercussão.

Um dia depois do tuíte, Kate publicou uma carta no jornal local Leicester Mercury contando a vida do casal, comentando as reações no Twitter e pedindo desculpas ao marido. Ela diz que já gostou mais de futebol e era fã assídua do líder do Inglês. Não por acaso, os dois se casaram no estádio do Leicester. Cerimônia e jantar aconteceram lá, com direito a fotos na beira do campo.

Dez anos e dois filhos depois, como ela mesma escreve, Kate tomou a decisão de incentivar o marido a deixar de seguir o time de perto nesta temporada. "Ele tinha mudado de emprego para um lugar mais distante e já ficaria menos tempo com os nossos filhos. Achei que um ano sem ir ao estádio não faria mal", contou.

O marido, ela relata, é tranquilo e tem acompanhado tudo pela televisão. Mas Kate está arrependida. "Espero que a reação das pessoas ao longo de todo o país e uma página inteira de desculpas no jornal ajudem de alguma maneira. Desculpa, James", finalizou a professora. A sete jogos do fim do campeonato, o Leicester lidera com cinco pontos de vantagem para o segundo colocado.

UOL Cursos Online

Todos os cursos