Sensação do Inglês revela segredo para artilharia: não treinar finalizações

Do UOL, em São Paulo

  • Oli Scarff/AFP Photo

Jamie Vardy não tem motivos para reclamar da temporada 2015/2016. Líder isolado do Campeonato Inglês com o surpreendente Leicester, o atacante ainda é o atual vice-artilheiro da competição com 21 gols, apenas um a menos que o goleador Harry Kane. Suas estatísticas apontam um gol a cada 138 minutos e 58% de precisão nos chutes, mas o segredo de seu sucesso é atípico: não treinar finalizações.

"Eu não tenho a chance de praticar a minha finalização porque os nossos exercícios de chute acontecem no começo da semana, quando o treinador (Claudio Ranieri) quer que eu descanse as minhas pernas", explicou o britânica ao Sky Sports.

Esperança da torcida inglesa para a renovação da seleção campeã do mundo em 1966, Vardy marcou duas vezes nos últimos dois jogos do English Team, na vitória por 3 a 2 sobre a Alemanha e na derrota por 2 a 1 diante da Holanda.

"Quando o elenco normalmente treina finalizações, o treinador me pede para deixar o campo. Eu vou continuar fazendo isso se significa que estou poupando as minhas pernas e gols para os jogos", prosseguiu Vardy, um dos responsáveis pela classificação histórica do Leicester para a próxima edição da Liga dos Campeões.

O relacionamento com o treinador italiano é apontado como uma das principais causas para a campanha histórica da equipe, líder do Campeonato Inglês com sete pontos de vantagem sobre o Tottenham. "Estamos sempre rindo. Somos o mesmo grupo que éramos no começo da temporada e, para ser honesto, esse é o nosso ponto forte. Temos um elenco com relacionamentos estreitos", concluiu.

UOL Cursos Online

Todos os cursos