Líder Chelsea chega a 10 vitórias seguidas no Inglês; City espanta crise

Do UOL, em São Paulo

O Chelsea aumentou sua vantagem na liderança do Campeonato Inglês nesta quarta-feira (14). Jogando fora de casa diante do Sunderland, a equipe de Antonio Conte fez 1 a 0, gol de Fàbregas, e alcançou a 10ª vitória consecutiva na competição.

O resultado fez com que o Chelsea chegue a 40 pontos na competição. Com o tropeço do Arsenal na terça-feira - perdeu para o Everton -, o time de Antonio Conte abre seis pontos de vantagem para o segundo colocado, que agora é o Liverpool, com 36 pontos. Apesar da mesma pontuação, o Arsenal caiu para a terceira colocação por causa dos critérios de desempate.

O gol derradeiro da partida aconteceu ainda no primeiro tempo, aos 40 minutos. Kanté roubou a bola e ela ficou com Pedro. O espanhol tocou para Fàbregas, que tabelou com Willian na entrada da área e finalizou para o fundo das redes de Pickford.

A sequência incrível do Chelsea esteve muito perto de chegar ao final nos acréscimos. Em uma finalização de Van Aanholt da entrada da área, Courtois voou e fez uma grande defesa para evitar o empate.

Na próxima rodada, o Chelsea visita o Crystal Palace, fora de casa, em 17 de dezembro. No mesmo dia, o Sunderland recebe o Watford.

City espanta a má fase

Nem mesmo completou um turno à frente do Manchester City, Pep Guardiola já se vê obrigado a conviver com críticas sobre seu trabalho. Nesta rodada, no entanto, o espanhol ganhou um respiro. Contra o Watford, em casa, o City segurou a pressão e conseguiu vencer por 2 a 0, gols de Zabaleta e David Silva.

O resultado faz com que o City volte a vencer depois de duas derrotas consecutivas: 3 a 1 para o Chelsea e 4 a 2 para o Leicester. Depois dessa sequência negativa, o técnico Guardiola chegou a dar entrevista pedindo tempo e citando Alex Ferguson.

"Sir Alex Ferguson, meu ídolo, não ganhou o título por 11 anos. O Liverpool não o vence há 25. Sobre o último mês, tenho que aceitar, os resultados não têm sido bons. Mas temos que melhorar o que eu acredito, e não mudar. Quando isso não funciona, você tem que ser forte. Tenho que aceitar as opiniões dos ex-jogadores, da mídia, dos fãs não ganhar, mas eu desejo e espero que eles vão me dar um pouco mais de tempo".

O resultado faz com que o Manchester City chegue aos 33 pontos e permaneça na quarta colocação. A diferença para o Chelsea segue em sete pontos.

 

Quer receber notícias do Chelsea e do Manchester City de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos