Manchester City vira sobre Arsenal e se aproxima da liderança

Do UOL, em São Paulo

Em confronto direto pelas primeira posições do Campeonato Inglês, Manchester City e Arsenal entraram em campo neste domingo (18), no Etihad Stadium. Os donos da casa começaram perdendo e viraram a partida por 2 a 1, com boas atuações de Leroy Sané e de De Bruyne.

Com o resultado, os anfitriões ficaram com 36 pontos e chegaram à vice-liderança de forma provisória, já que o Liverpool entra em ação nesta segunda-feira (18) e pode voltar à segunda colocação. O Arsenal caiu para a quarta colocação, e está com os mesmos 34 pontos.

Na próxima rodada, o Arsenal recebe o West Bromwich Albion na segunda-feira (26), às 13 horas (de Brasília), no Emirates Stadium. Enquanto isso, o Manchester City encara o Hull City na mesma data, às 15h15 (de Brasília), no KCOM Stadium.

Quem foi bem: De Bruyne é o destaque

O atacante De Bruyne foi um dos destaques da vitória do Manchester City.  O jogador deu origem às melhores jogadas dos donos da casa e ainda foi responsável pela assistência do gol de virada.

Visitantes inauguram o placar

Logo na primeira chegada, o Arsenal abriu o marcador. Aos 4 minutos do primeiro tempo, Alexis Sánchez recebeu na entrada da área e tocou para Walcott. O meia bateu no canto direito do goleiro Bravo e balançou as redes do adversário.

Quase o empate imediato

Atrás do placar, os comandados de Pep Guardiola foram atrás do empate. Logo aos 6 da etapa inicial, De Bruyne cruzou na medida para Sterling que, mesmo com o gol aberto, cabeceou para fora.

Esfriou

Ainda no meio do primeiro tempo o jogo, que teve um início movimentado, acabou esfriando. O City teve a maior posse de bola, trocou muitos passes, mas não conseguiu furar a defesa dos visitantes.

Tentativa de reação

Já no final da primeira etapa da partida, os donos da casa chegaram com perigo com Touré e Gabriel na tentativa de ir para o vestiário com a igualdade no placar. Mas nenhuma das chances foi para o gol.

Olha o empate aí

Aos 2 minutos do segundo tempo, Leroy Sané recebeu pelo passe de David Silva dentro da área, girou e bateu para o gol de Cech.

Pressão do City

Com 67% de posse de bola, os anfitriões partiram para cima pela virada. Aos 16 da etapa complementar, Cech salvou o Arsenal em um chute de Sané. E no minuto seguinte, Sterling mandou um chute fora para fora.

Virou!

Depois de uma pressão grande nos adversários, o City conseguiu ficar à frente do marcador. Aos 25 minutos do segundo tempo, De Bruyne tocou com categoria para Sterling no lado direito do campo. O atacante dominou e bateu para o fundo das redes de perna esquerda.

Mal entrou, já vai saindo...

Aos 19 minutos do segundo tempo, Oxlade-Chamberlain entrou em campo no lugar de Iwobi. Apesar disso, o meia foi substituído aos 32 da etapa complementar por Elneny.

FICHA TÉCNICA
MANCHESTER CITY 2 X 1 ARSENAL

Local: Etihad Stadium, em Manchester
Data: 18 de dezembro, domingo
Hora: 14 horas (de Brasília)
Árbitro: Martin Atkinson
Cartões Amarelos: David Silva, Yaya Touré, De Bruyne (Manchester City)
Gols: Arsenal - Walcott, aos quatro minutos do primeiro tempo.
Manchester City - Leroy Sané, aos quatro minutos do segundo tempo; Sterling, aos 25 minutos do segundo tempo. 

MANCHESTER CITY: Claudio Bravo; Zabaleta (Sagna), Otamendi, Kolarov e Clichy; Fernando, Yaya Touré, Leroy Sané (Jesús Navas), David Silva e Sterling; De Bruyne (Ilenacho).
Técnico: Pep Guardiola

ARSENAL: Petr Cech; Bellerín, Gabriel Paulista, Koscielny e Nacho Monreal; Coquelin (Giroud), Xhaka, Walcott, Özil e Iwobi (Oxlade-Chamberlain) (Elneny); Alexis Sánchez.
Técnico: Arsene Wenger.

Quer receber notícias do Campeonato Inglês de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.


UOL Cursos Online

Todos os cursos