Wenger critica arbitragem após derrota: "Protegidos como leões no zoo"

Do UOL, em São Paulo

A derrota deste domingo (18) do Arsenal por 2 a 1 para o Manchester City não agradou ao técnico Arsène Wenger. E não foi pela atuação da equipe. Segundo o comandante, seu time foi prejudicado pela arbitragem no Etihad Stadium.

"Foram dois gols impedidos (do City), o que é muito difícil de aceitar em um jogo de tal estatura. O segundo é cinco jardas (aproximadamente seis metros) fora de jogo. Mas o que eu posso fazer? Os árbitros são protegidos como os leões no zoológico, por isso temos de viver com isso. Eu quero que eles estejam muito bem protegidos, eu quero que eles estejam seguros", disse o Wenger após a partida.

A imprensa britânica questionou essa posição do comandante do Arsenal e pediu um esclarecimento maior. Mas Wenger preferiu se esquivar. "É um assunto muito longo, eu não quero fazer de árbitros o assunto da coletiva. É certo que eles são seguros e protegidos, mas se eles tomam decisões certas, ainda melhor".

O Arsenal caiu para a quarta colocação, e está com os mesmos 34 pontos. Na próxima rodada, os comandados de Wenger recebem o West Bromwich Albion na segunda-feira (26), às 13 horas (de Brasília), no Emirates Stadium.

Quer receber notícias do Campeonato Inglês de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.
 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos