Agüero diz querer ficar, mas não descarta deixar o City: "Vamos ver"

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / Andrew Yates

Sergio Agüero não vive seus melhores dias no Manchester City. O atacante esteve dez dias lesionado em janeiro e, agora que voltou, tem visto o concorrente Gabriel Jesus ganhar cada vez mais espaço na briga pela titularidade. Reserva novamente neste domingo, o argentino diz não querer trocar de clube, mas já não descarta uma transferência.

"Não, eu não quero sair. Tenho que ajudar o time o máximo que eu puder nestes três meses (que restam de temporada). Depois veremos o que o clube pretende fazer comigo", desconversa Agüero, sem exatamente se responsabilizar por seu futuro. "O clube é que vai decidir se tenho um lugar aqui ou não."

Agüero voltou de lesão na última quarta-feira (01) e, do banco de reservas, viu Gabriel Jesus brilhar com um gol e uma assistência. O argentino só entrou em campo a 20 minutos do fim, quando a goleada por 4 a 0 sobre o West Ham já havia sido construída. Neste domingo o roteiro foi parecido: Agüero entrou a dez minutos do fim e viu Jesus garantir a vitória por 2 a 1 sobre o Swansea nos acréscimos. Bastou dois jogos seguidos na reserva para a imprensa inglesa especular o interesse de Chelsea e Real Madrid.

Com a vaga dividida, o argentino diz entender a opção do técnico Guardiola. "Às vezes isso acontece. Quando você está no banco, tem que esperar por uma oportunidade. Tenho três meses para dar o meu melhor e tentar ajudar a equipe, e então vamos ver o que acontece no meu futuro", projeta Agüero, que elogia o novo companheiro de clube.

"Ele é um grande jogador. É muito novo, mas vai aprender muito no City e terá um grande futuro no clube", aposta o argentino, que atualmente quer aprender com Gabriel Jesus. "Tenho que ver o que ele faz, para aprender, ainda que um pouquinho."

UOL Cursos Online

Todos os cursos