Com pênalti no último lance, United arranca empate e respira por Champions

Do UOL, em São Paulo

O Manchester United contou com um gol de pênalti de Ibrahimovic no último minuto do jogo contra o Everton, nesta terça-feira (4), para arrancar um empate por 1 a 1 pelo Campeonato Inglês. O resultado, apesar de ser um tropeço, serviu para evitar que o time ficasse ainda mais distante de uma vaga na Liga dos Campeões da próxima temporada.

O zagueiro Jagielka fez o primeiro gol da partida, ganhando de Rojo após levantamento na área e desviando entre as pernas do goleiro De Gea. No último minuto, o zagueiro Ashley Williams defendeu com as mãos um chute de Luke Shaw: pênalti, que Ibra converteu para decretar o resultado.

Com o empate, o Manchester United foi a 54 pontos e se manteve na quinta posição, enquanto o Everton passou para 51, em sétimo. O quarto colocado, que leva a última vaga para a Liga dos Campeões, é atualmente o Manchester City, que tem 58 pontos e joga nesta quarta-feira (5) contra o líder Chelsea (69 pontos).

O United sofreu muito para levar perigo ao gol do Everton. Com Ibrahimovic isolado na frente e Lingard e Rashford abertos no ataque, o time não conseguia superar as organizadas linha de marcação do Everton. Faltava criatividade no meio-campo.

Mourinho tentou corrigir o problema com a entrada de Paul Pogba, que voltou de lesão, no lugar do lateral Blind no intervalo. A equipe ficou num esquema estranho, com o meio-campista Herrera improvisado na lateral e o volante Fellaini atuando como segundo atacando, logo atrás de Ibra - e desperdiçando algumas boas chances de gol.

O resultado foi mais futebol pobre do United, que passou a recorrer exclusivamente aos levantamentos na área para vencer a marcação, mirando as cabeças de Ibrahimovic e Fellaini. Em um deles, o astro sueco até conseguiu desviar para o gol, mas o lance foi anulado pelo bandeirinha em decisão duvidosa.

Quando tudo apontava para uma vitória do Everton, aos 48 minutos do segundo tempo, o lateral Shaw chutou de fora da área e o zagueiro Williams voou para bloquear com as mãos. O defensor foi expulso e Ibrahimovic converteu a cobrança para impedir a derrota. Foi o segundo tropeço em casa seguido do United - na rodada passada, empatou por 0 a 0 com o West Brom.

UOL Cursos Online

Todos os cursos