Após derrota, Conte pede mais vontade aos jogadores do Chelsea

Do UOL, em São Paulo

  • Carl Recine/Reuters

    O técnico do Chelsea, Antonio Conte, na beira do campo do Old Trafford

    O técnico do Chelsea, Antonio Conte, na beira do campo do Old Trafford

O técnico do Chelsea, o italiano Antonio Conte, disse que faltou uma motivação maior aos seus jogadores para o jogo contra o Manchester United, neste domingo (16), no estádio Old Trafford, pela 33ª rodada do Campeonato Inglês.

O time londrino, que lidera a competição com 75 pontos, quatro a mais em relação ao segundo colocado, o Tottenham, não fez uma boa partida e perdeu por 2 a 0. Rashford e Herrera marcaram os gols.

"Eles [o Manchester United] mereceram vencer porque mostraram mais vontade que a gente e tiveram uma motivação maior. Temos que ter um grande entusiasmo para jogar esses últimos jogos. Mas, neste caso, eu acho que a culpa é minha porque eu não consegui dar aos jogadores a motivação correta para um jogo como esse", disse Conte.

"Para jogar este tipo de partida, temos que ter uma motivação maior do início ao fim para tentar e chegar ao objetivo [que é vencer o título]", afirmou o treinador italiano.

Mesmo com Diego Costa e Hazard na parte ofensiva, o Chelsea deu apenas cinco chutes a gol, sendo que nenhum acertou a baliza defendida pelo goleiro espanhol David de Gea.

Com a derrota sofrida neste domingo, Conte disse que o campeonato está totalmente aberto. Restam apenas seis jogos tanto para Chelsea como para o Tottenham.

"Temos seis finais até o fim e 50% de probabilidade de vencer a liga", disse o técnico.

UOL Cursos Online

Todos os cursos