Com assistência de Gabriel Jesus, City goleia o Crystal Palace

Do UOL, em São Paulo

O Manchester City atropelou o Crystal Palace neste sábado, no Etihad Stadium. O time de Guardiola venceu por 5 a 0, com direito a uma assistência de Gabriel Jesus para o gol de De Bruyne, o terceiro da partida.

Com o triunfo, o City chega a 69 pontos, na 4ª colocação do Campeonato Inglês, aumentando para o 5º, o Manchester United (com 65 pontos). O Chelsea lidera com 81 pontos.

Jesus apareceu pouco, mas foi importante

Homem mais avançado do ataque do City, Gabriel Jesus teve participação discreta, mas importante no esquema tático de Guardiola. Vigiado por quatro ou cinco marcadores, Jesus abriu espaços para os companheiros de equipe. 

Para furar esse bloqueio, o City explorou jogadas de infiltrações com David Silva, Sané e Sterling. E foram em jogadas de infiltrações que o time da casa fez a maioria dos gols neste sábado.

Jason Cairnduff/Reuters
Publicação vendida pelo City antes de jogo contra o Crystal Palace tem como tema 'Gabriel Jesus com fome de gols'

Como pivô, o ex-palmeirense aproveitou vacilo da zaga rival e serviu Kevin De Bruyne, que anotou o gol. Nos últimos seis jogos disputados, Jesus soma 4 gols e duas assistências.
 
A primeira finalização de Jesus aconteceu aos 30 min do primeiro tempo, após se infiltrar na área e aproveitar passe de Silva. Mas o chute foi sem força.
 

Quinteto ofensivo

Para a partida, Guardiola montou um sistema ofensivo com atletas de velocidade. Mais adiantado, Gabriel Jesus era municiado por De Bruyne, Sterling, David Silva e Sané.

O quinteto deu trabalho à zaga do Crystal Palace. E com 2 minutos de jogo, o City chegou ao primeiro gol, com David Silva.

Andrew Yates/Reuters
Jogadores do City comemoram gol de Kompany

A jogada começou com um passe do próprio Silva para Sterling na esquerda da área. O cruzamento foi afastado e o espanhol aproveitou a sobra.

Sobrando no ataque, o City perdeu boas chances de terminar a etapa inicial com larga vantagem no placar. O Crystal Palace se limitava a defender, com dez jogadores em seu campo.

No segundo tempo, o City marcou o segundo gol com o zagueiro Kompany, que estava na área para cobrança de escanteio.

O Crystal Palace não dava sinais no começo do 2º tempo de que tentaria reação.

O gol de De Bruyne, aos 15 min da etapa final, enterrou qualquer possibilidade de reviravolta. Desde então, o City jogou para alegar o público presente em Manchester, trocando passes e ameaçando o goleiro Hennessey. De pé em pé, o City envolveu o Palace e chegou ao quarto gol com Sterling.

A 10 minutos do fim, Gabriel Jesus deixou o jogo para a entrada de Ieahnacho. Nos acréscimos, Otamendi marcou o quinto do jogo.

UOL Cursos Online

Todos os cursos