No reencontro com Rooney, Manchester United goleia e alcança o City no topo

Do UOL, em São Paulo

No tão aguardado reencontro com o atacante Wayne Rooney, o Manchester United goleou o Everton neste domingo (17), por 4 a 0, no estádio Old Trafford, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Inglês, e alcançou o arquirrival Manchester City na liderança da competição.

Com o resultado, o United chegou aos mesmos 13 pontos do City, que no sábado (16) bateu o Watford por 6 a 0. Agora, os dois times estão idênticos na tabela: têm o mesmo número de vitórias, empates, derrotas, gols pró, gols contra e saldo. Já o Everton é o 18º colocado, com quatro pontos. Está na zona de rebaixamento.

Rooney, que marcou 253 gols com a camisa do United, ganhou aplausos da torcida local e quase deixou a sua marca, mas parou no goleiro David de Gea. Valencia, com um golaço, Mkhitaryan, Lukaku e Martial, de pênalti, garantiram o triunfo para a equipe de Manchester.

Andrew Yates/Reuters
Lukaku comemora o terceiro gol do Manchester United sobre o Everton

Bem-vindo de volta, Rooney!

O domingo foi especial para Rooney, que pôde visitar pela primeira vez desde que deixou o United o estádio em que tanto jogou de 2004 a 2017, período em que esteve no clube. Com a camisa do time, ele ganhou cinco títulos do Campeonato Inglês, além da Liga dos Campeões de 2007/08. Como não podia deixar de ser, foi muito aplaudido pela torcida do United. "Foi muito legal", disse o atacante antes da partida sobre a recepção calorosa em Old Trafford.

Oli Scarff/AFP Photo
Torcida homenageia Rooney ao mostrar o número de gols que ele marcou pelo United

Mais reencontros

Não foi só Rooney que pôde reencontrar o seu clube. O volante Marouane Fellaini e o atacante Romelu Lukaku, ambos no Manchester United, já jogaram pelo Everton. O primeiro atuou pelo clube de 2008 a 2013, enquanto o segundo vestiu a camisa da equipe de 2013 até o fim da última temporada. O volante Morgan Schneiderlin, por sua vez, fez o caminho inverso. Deixou Manchester no início deste ano para jogar pelo Everton. Ele foi titular neste domingo, assim como Lukaku e Fellaini.

Golaço

O Manchester United precisou de apenas três minutos para abrir o placar. E foi em grande estilo. Matic, pela esquerda, virou a bola para a direita na entrada da área. Sem marcação, Valencia chegou e chutou de primeira para acertar o ângulo de Pickford, que se esticou todo para tentar fazer a defesa, mas não teve sucesso. Um golaço do capitão do United.

Jason Cairnduff/Reuters
Valencia acerta um belo chute para abrir o placar para o Manchester United

Olha ele!

Logo no primeiro lance do segundo tempo, com menos de um minuto, Rooney quase calou Old Trafford. Ele recebeu um passe na área, ganhou uma disputa e chutou de perna esquerda, cara a cara com De Gea, que fechou o ângulo e salvou o United. O Everton cresceu depois do intervalo. Faltou, porém, caprichar mais na última parte do campo.

Andrew Yates/Reuters
O atacante Wayne Rooney tenta uma finalização para o Everton

Sem Pogba fica mais difícil

O meia Pogba, uma das grandes estrelas do elenco do United, deve ficar afastado dos gramados por cerca de seis semanas por causa de uma lesão muscular sofrida no meio desta semana, em jogo pela Liga dos Campeões. A ausência já foi sentida neste domingo. Para o lugar do francês, o técnico José Mourinho escalou Fellaini, que não possui a mesma técnica de Pogba. Na segunda etapa, ao ver o time cair de rendimento, o treinador colocou o meia Herrera para tentar melhorar o passe.

Que erro!

Não que a troca de Mata por Herrera tenha melhorado muito o United, mas o time da casa conseguiu ampliar o placar aos 38 minutos do segundo tempo graças a um erro (entre tantos outros) da defesa do Everton. Williams tocou a bola nos pés de Fellaini. Lukaku, então, serviu Mkhitaryan, que tocou para as redes.

Abriu a porteira

Parecia tudo definido, mas o Everton abriu mão do jogo nos minutos finais e cedeu mais dois gols. Lukaku aproveitou uma chance para marcar contra o seu ex-time. Ainda sobrou tempo para um pênalti. Martial, que entrou no fim do confronto no lugar de Mkhitaryan, converteu e fechou o placar.

Oli Scarff/AFP Photo
Martial, de pênalti, marca o quarto gol do Manchester United sobre o Everton

Agenda

Na próxima rodada do Campeonato Inglês, o Manchester United visita o Southampton, no sábado (23), enquanto o Everton, que acumula agora três derrotas consecutivas na competição, recebe o Bournemouth, no mesmo dia.

Andrew Yates/Reuters
O atacante Rooney cumprimenta o técnico José Mourinho após ser substituído

UOL Cursos Online

Todos os cursos