Canto em referência a pênis de Lukaku pode virar caso de polícia

Do UOL, em São Paulo

  • AFP / AARON M. SPRECHER

    Lukaku e Manchester United já pediram para torcida parar de cantar a música

    Lukaku e Manchester United já pediram para torcida parar de cantar a música

O Manchester United e o atacante Lukaku pediram, mas a torcida do time não atendeu a solicitação de parar com o canto que menciona o pênis do jogador. Agora o clube estuda acionar a polícia para identificar os torcedores que entoam o grito.

A equipe requisitou as imagens do circuito interno de TV do estádio do Southampton, onde jogou no sábado. O Manchester United venceu pro 1 a 0 com gol justamente de Lukaku. Parte dos torcedores começou a cantar a paródia de "Made of Stone", sucesso da banda inglesa Stone Roses, que diz: "Romelu Lukaku, ele é nosso gênio artilheiro belga, com um pênis de 60 centímetros, marcando nossos gols, glande até o dedo dos pés".

Desta vez, o grito durou pouco e logo foi abafado por outro: "somos o United e contratamos quem queremos". A menção ao pênis do jogador foi criticada por grupos que combatem o racismo. O mais engajado é o Kick it Out. Os protestos fizeram o clube emitir uma nota pedindo para a torcida parar. A colaboração com a polícia é o próximo passo que a equipe pode fazer.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos