Na busca do City! Ibra volta, joga 16min e Pogba comanda goleada do United

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Reuters/Carl Recine

    Pogba deu assistência e marcou o terceiro gol do United em retorno aos gramados

    Pogba deu assistência e marcou o terceiro gol do United em retorno aos gramados

O Manchester United levou um susto, mas goleou o Newcastle por 4 a 1 e manteve a equipe na busca pelo City – líder do Campeonato Inglês com oito pontos de diferença. A partida foi marcada pela volta dos craques da equipe: Zlatan Ibrahimovic e Paul Pogba. O sueco foi relacionado pela primeira vez após ficar afastado dos gramados por seis meses devido a uma cirurgia no joelho direito, enquanto o francês também se mostrou recuperado de lesão que o deixou ausente desde setembro.

Um deles foi decisivo e o grande nome na vitória do United: Pogba. Ele deu assistência para Martial após bela jogada individual, e ainda marcou o terceiro gol, que trouxe alívio para equipe e manteve a equipe na busca implacável ao maior rival pela primeira posição.

O Manchester United levou um susto no início. O time ostentava uma boa marca de não ter sofrido gol em casa na atual temporada. Foram cinco jogos no Old Trafford com quatro vitórias sem que sua defesa fosse vazada. Neste sábado, porém, o Newcastle mandou as estatísticas por água a baixo. Com apenas 14min, Gayle aproveitou escorregão de Lindelöf e estufou as redes de De Gea.

Pogbá, porém, não estava disposto a deixar o seu time perder invencibilidade em casa, que já dura 12 jogos – dez vitórias. O francês fez grande jogada individual e cruzou na medida para Martial tirar o Manchester do sufoco e empatar aos 37min.

Antes do intervalo, os "Diabos Vermelhos" conseguiram a virada. E mais uma vez na bola aérea. Ashley Young, assim como Pogbá no primeiro gol, fez boa jogada individual e cruzou para grande área. Smalling subiu mais que a zaga do Newcastle e estabeleceu o 'vira-vira'.

A vitória foi confirmada logo aos 9min do segundo tempo. E que belíssimo gol. Lukaku recebeu em profundidade na direita. O belga pedalou e cruzou para Rashford, que viu a chegada de Pogbá e só ajeitou de cabeça. O Francês completou para as redes e foi para comemoração, com direito a dancinha. Ainda deu tempo de Lukaku deixar o seu e quebrar jejum de sete jogos sem marcar: 4 a 1.

Para completar a festa, o técnico José Mourinho promoveu o retorno de Zlatan Ibrahimovic. Ele entrou aos 32min do segundo tempo na vaga de Martial e atuou ao lado de Rashford e Lukaku. Com 4 a 1 no placar, o sueco teve início tímido. Tanto que recuou bastante para chamar jogo. A cada toque na bola, uma festa da torcida. Já aos 45min do segunto tempo, o camisa 10 quase marcou um golaço de voleio. Craque é craque.

UOL Cursos Online

Todos os cursos