Com técnico expulso, Chelsea vence e segue na caça a líderes do Inglês

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Hannah McKay

    Rudiger comemora o gol da vitória do Chelsea sobre o West Bromwich

    Rudiger comemora o gol da vitória do Chelsea sobre o West Bromwich

Desfalcado apenas à beira do campo, já que o técnico Antonio Conte foi expulso no fim do primeiro tempo, o Chelsea venceu nesta quarta-feira o Swansea por 1 a 0, no Stamford Bridge, pela 14ª rodada do Campeonato Inglês. O zagueiro Rudiger, aos nove minutos da etapa final, anotou o gol.

O resultado manteve os Blues na terceira posição da Premier League, com 29 pontos, e na perseguição aos rivais de Manchester na tabela: City, líder com 40, e United, segundo colocado com 32.

Autor do gol no empate com o Liverpool em 1 a 1 na rodada passada, que evitou uma derrota do Chelsea no clássico, o meia brasileiro Willian foi titular nesta quarta, no lugar de Hazard. Conte mexeu mais três peças em relação ao jogo anterior - Rüdiger, Fàbregas e Pedro nas vagas de Azpilicueta, Drinkwater e Bakayoko. 

Azpilicueta, aliás, viu do banco o fim de uma sequência de quase dois anos como titular dos Blues - 74 jogos consecutivos. A última vez em que em que ficou como opção na reserva havia sido em dezembro de 2015, contra o Bournemouth.

Apesar de ter criado chances de gol, o Chelsea não mostrou muita intensidade ofensiva na etapa inicial e ainda ficou sem Conte, expulso pelo árbitro Neil Swarbrick por reclamação. Diante de um adversário fraco tecnicamente, o time de Londres atacou com paciência até chegar ao gol, com Rudiger, aproveitando chute de Kanté que desviou na defesa do Swansea.

O Chelsea voltará a campo pela Premier League neste sábado (2), quando receberá o Newcastle. No mesmo dia, o Swansea visitará o Stoke City.

Passeio

Se o placar foi escasso para o Chelsea, o mesmo não se pode dizer de seu rival londrino, o Arsenal, que goleou o Huddersfield por 5 a 0, no Emirates Stadium.

Lacazette abriu o placar, logo aos cinco minutos de jogo. A rede voltou a balançar apenas no segundo tempo, com Giroud (duas vezes), Sanchez e Ozil.

Quarto colocado no Inglês, com 28 pontos, o Arsenal terá clássico com o Manchester United na próxima rodada, neste sábado, em casa. Já o Huddersfield, 14º na tabela, visitará o Everton no mesmo dia.

UOL Cursos Online

Todos os cursos