Jesus falha na pontaria, mas Sterling salva de novo e City vence mais uma

Do UOL, em São Paulo

  • Lee Smith/Reuters

    Sterling comemora golaço no último lance da partida que garantiu vitória do City

    Sterling comemora golaço no último lance da partida que garantiu vitória do City

O Manchester City restaurou a vantagem de oito pontos na liderança do Campeonato Inglês nesta quarta-feira (29) com uma vitória "chorada" sobre o Southampton, em casa, por 2 a 1. O time de Pep Guardiola perdeu chances claras, especialmente com Gabriel Jesus, e precisou de um gol desviado na bola parada e de outro no último segundo de jogo, marcado de novo por Raheem Sterling.

Sterling já havia feito um gol salvador nos minutos finais na rodada passada, em vitória também por 2 a 1, sobre o Huddersfield. O City lidera a competição com 40 pontos, contra 32 do segundo colocado Manchester United.

A equipe também alcançou a marca de 12 vitórias seguidas e está a apenas uma de igualar o recorde de triunfos consecutivos na mesma temporada, que pertence ao Arsenal de 2001/02 e ao Chelsea de 2016/17.

Jesus ruim de mira

Lee Smith/Action Images via Reuters

Escalado novamente pela ponta esquerda para acomodar Agüero no comando de ataque, Jesus não foi bem desta vez. O brasileiro teve pelo menos três chances claras frente a frente com o goleiro Forster, mas não caprichou o suficiente na finalização e parou em boas defesas. Correndo muito pela ponta e tentando se infiltrar em diagonal, não faltou disposição para Jesus, mas ele acabou substituído por David Silva no segundo tempo após atuação sem brilho.

Sterling resgata o City com golaço

Andrew Yates/Reuters

Pela segunda rodada seguida, o camisa 7 garantiu três pontos ao Manchester City com um gol dramático no final. Desta vez, no último segundo do acréscimo de cinco minutos no segundo tempo, ele recebeu uma bola na entrada da área, limpou para a perna direita e acertou um lindo chute no canto, sem defesa para o goleiro Forster, que havia parado quase todos os ataques do City até então.

City martela e faz na bola parada

Andrew Yates/Reuters

Dominando completamente a posse de bola e tentando criar oportunidades de gol contra um time muito fechado, o City só conseguiu balançar a rede com uma pitada de sorte. De Bruyne bateu uma falta para a área com a intenção de cruzar, mas a bola foi desviada pelo zagueiro Van Dijk na primeira trave e entrou direto. A Premier League deu o gol para o meia belga, apesar de o zagueiro Otamendi, que esteve envolvido na jogada, ter saído comemorando.

Southampton marca forte e assusta

Oli Scarff/AFP

Com uma linha de cinco defensores e mais quatro meio-campistas, o Southampton se fechou totalmente para conter o poderio ofensivo do City. Conseguiu frustrar os líderes em boa parte do jogo e, quando a marcação foi vazada, Forster apareceu para segurar as pontas. Na frente, o time visitante também assustou: colocou bola na trave em cobrança de escanteio, quase balançou as redes após linda caneta de Lemina em Kompany e, por fim, empatou o jogo com Oriol Romeu na segunda etapa.

Gündogan volta a ser titular

Andrew Yates/Reuters

Com uma passagem marcada por muitas lesões desde que chegou ao Manchester City, o meia alemão Ilkay Gündogan foi titular pela primeira vez na temporada do Campeonato Inglês. E também perdeu um gol incrível após rebote de chute de Gabriel Jesus, mandando para fora com o goleiro Forster já batido.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos