Ederson defende pênalti e salva invencibilidade do City; Jesus sai chorando

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/David Klein

    Gabriel Jesus deixa o gramado chorando

    Gabriel Jesus deixa o gramado chorando

Deu tudo errado para o Manchester City no último jogo do ano. O time vinha de uma sequência impressionante de 18 vitórias no Campeonato Inglês, mas jogou mal e não conseguiu sair do empate por 0 a 0 contra o modesto Crystal Palace. O time perdeu seu principal jogador, Kevin de Bruyne, que saiu de maca. O mesmo aconteceu com Gabriel Jesus e o brasileiro deixou o campo chorando bastante depois de machucar o joelho esquerdo com 10 minutos de partida.

Ele deixou o gramado direto para o vestiário e saiu mancando bastante. No caminho, chorou bastante e chegou a ser consolado pelo técnico Pep Guardiola. No lance em que se machucou, o atacante girou para a direita ao proteger a bola do adversário. Ele acabou abrindo demais a perna durante o movimento e caiu. O peso ficou sobre a perna esquerda e na mesma hora Gabriel Jesus mostrou que estava sentindo bastante dor.

Os médicos fizeram o atendimento e o brasileiro retornou ao jogo. Permaneceu até os 21 minutos, quando voltou ao chão depois de chutar uma bola próximo a área. A substituição foi inevitável e Agüero entrou. Com a saída, Gabriel Jesus perdeu a chance de marcar depois de passar em branco em nove partidas. O último gol foi contra o Leicester em 18 de novembro.

O Manchester City não se manifestou sobre a lesão do atleta. É o segundo problema físico do atacante no ano. Em fevereiro, ele quebrou o quinto metatarso do pé direito e precisou ser operado. Na época, vivia grande fase pelo time de Guardiola.

Reuters/John Sibley

Ederson salva o City

O Manchester City marcou gol em todas as partidas que havia disputado no Campeonato Inglês, mas nesta 22ª rodada esteve mais perto da derrota. Faltavam dois minutos para o jogo terminar e o Crystal  Palace teve um pênalti. Luka Milivojevic bateu mal, quase no meio do gol. Ederson havia caído no canto direito dele, conseguiu e tirou com o pé.

Jogando em casa, o Crystal Palace foi o time mais perigoso. Além do pênalti, houve uma chance perto da pequena área. A bola foi cruzada rasteira e o atleta isolou. Apesar de dominar a posse de bola, o City não conseguia criar chances.

Para piorar, na sequência do lance do pênalti o City puxou contra ataque e Kevin De Bruyne foi atingido por um carrinho. Em seguida, apareceu caído no gramado. O jogador mais importante do esquema de Pep Guardiola precisou da maca para sair do gramado.

Mesmo sem vencer, a equipe continua com a liderança folgada no Campeonato Inglês. O clube tem 59 pontos e ostenta a considerável vantagem de 14 pontos sobre o segundo colocado Chelsea. O Crystal Palace é 17º, primeira equipe fora da zona de rebaixamento.

REUTERS/David Klein

UOL Cursos Online

Todos os cursos