Técnico do Arsenal é acusado de mau comportamento e pode ser suspenso

Do UOL, em São Paulo

  • Arsène Wenger, do Arsenal (Photo by David Rogers/Getty Images)

    Arsène Wenger, do Arsenal (Photo by David Rogers/Getty Images)

O técnico do Arsenal, Arsene Wenger, soltou os cachorros no juiz do jogo contra o West Bromwich no domingo e agora apareceu a consequência. A Federação Inglesa de Futebol (FA) anunciou nesta terça-feira que ele foi acusado de mau comportamento e pode ser suspenso, ou até banido dos estádios da Inglaterra. O treinador tem até sexta-feira para se defender. É a segunda vez em 12 meses que ele corre este risco.

A situação que levou Wenger a perder a compostura ocorreu quando o árbitro Mike Dean marcou um pênalti no último minuto. O juiz entendeu que a bola teria tocado no braço de Gibbs. Jay Rodriguez bateu e empatou a partida.

O resultado deixou o técnico furioso e s críticas continuaram na coletiva de imprensa. Um jornalista perguntou que houve alguma explicação sobre o pênalti e Wenger afirmou que não e que o árbitro viu o que ele quis.

Em janeiro, o técnico foi suspenso por quatro jogo e multado em 25 mil libras (R$ 110,7 mil) porque empurrou um árbitro durante a vitória por 2 a 1 em cima do Burnley. A acusação foi a mesma. A Federação Inglesa de Futebol informou que levará em conta ser a segunda vez que Wenger se comporta desta maneira.

UOL Cursos Online

Todos os cursos