United vence o Burnley fora de casa e segue na caça ao líder City

Do UOL, em São Paulo

  • Alex Livesey / Getty Images

O Manchester United segue na caça ao líder City no Campeonato Inglês. Neste sábado (20), os Diabos Vermelhos venceram o Burnley por 1 a 0 no Turf Moor e diminuíram para nove pontos a desvantagem para o rival, que ainda joga na sequência da 24ª rodada. Martial foi o autor do gol da vitória.

Na próxima rodada, o time comandado por José Mourinho visita o Tottenham no Wembley para tentar diminuir mais uma vez a diferença para os Citizens. Na vice-liderança, o United soma 53 pontos. Já o Burnley, que está a oito jogos sem vencer e ocupa a sétima colocação, enfrenta o Newcastle visando recuperação na disputa.

À espera de Sánchez

O técnico José Mourinho deve ter o reforço de Alexis Sánchez em breve. O atacante chileno não atuou na partida entre Arsenal e Crystal Palace neste sábado, e está perto de ser anunciado no OldTrafford. Segundo a imprensa inglesa, o jogador passará por exames médicos e tem tudo para ser confirmado pelos Diabos Vermelhos nos próximos dias. Como parte da negociação, o meia Henrikh Mkhitaryan vai para o Arsenal.

Primeiro tempo frio dentro e fora de campo

Michael Regan / Getty Images

A baixa temperatura em Burnley – 2º C no momento da partida – se refletiu ao longo do primeiro tempo, com pouca criação por parte das duas equipes. O United tinha o domínio da posse de bola, mas arriscou pouco e praticamente não ameaçou o gol adversário. A melhor chance aconteceu somente nos acréscimos, quando Martial tabelou com Pogba na entrada da área e chutou cruzado para fora. Antes disso, o time comandado por Mourinho só havia chegado com perigo aos 12 minutos, quando Pogba recebeu lançamento dentro da área, tentou encobrir o goleiro e mandou por cima da meta.

O Burnley, apesar de não ter se limitado apenas a defender, não conseguiu chegar efetivamente com perigo contra De Gea. Poucas chances e o zero permaneceu no placar.

Martial garante a vitória 

Após a primeira etapa de pouca inspiração, o United conseguiu abrir o placar logo aos nove minutos do segundo tempo. Lukaku levou a melhor em disputa de bola no meio-campo e fez bela inversão de jogo para Martial, que bateu colocado com muita categoria para inaugurar o marcador. Foi o nono gol do atacante na atual temporada, e a terceira partida consecutiva do Campeonato Inglês balançando as redes. 

Inspirado, Martial quase voltou a marcar no fim da partida. Aos 42 minutos, o francês recebeu pela esquerda, invadiu a área e soltou uma bomba. Desta vez, Pope conseguiu espalmar e evitou o segundo do Manchester.

Travessão salva e United mantém sequência

Dois minutos após marcar, o United sofreu o maior susto da partida. O Burnley teve falta na entrada da área e Gudmundsson bateu com categoria por cima da barreira. De Gea só olhou e viu a bola explodir no travessão. A sorte no lance não só manteve o Manchester em vantagem, como também permitiu que a equipe completasse o quinto jogo seguido na temporada sem sofrer gol (quatro pela Premier League um pela Copa da Inglaterra).

Curiosamente, na última vez que a equipe foi vazada o adversário era justamente o Burnley  – no Boxing Day, em 26 de dezembro, quando as equipes empataram em 2 a 2 no Old Trafford.  

Segue o tabu

O United manteve a invencibilidade de quase uma década contra o Burnley. A última vez que o time de Manchester saiu derrotado do encontro foi em 2009, quando perdeu por 1 a 0. Desde então, foram sete partidas (3 vitórias e 4 empates). Esta, inclusive, foi a única derrota dos Diabos Vermelhos levando em conta os últimos 25 jogos contra o Burnley.

De olho no rival

Após a vitória no Turf Moor, o Manchester United torce por um tropeço do rival City para se aproximarem da briga pelo título. Os Citizens, que foram derrotas pelo Liverpool na última rodada, recebem o Newcastle em casa. 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos