Com gol à Ronaldinho, City vence Cardiff e avança na Copa da Inglaterra

Do UOL, em São Paulo

  • ANDREW BOYERS/Action Images via Reuters

    Kevin de Bruyne imitou Ronaldinho Gaúcho para abrir o placar de falta

    Kevin de Bruyne imitou Ronaldinho Gaúcho para abrir o placar de falta

O Manchester City não teve dificuldades para superar o Cardiff no País de Gales e avançar às oitavas de final na Copa da Inglaterra neste domingo (28). A vitória por 2 a 0 começou a ser construída com um belo gol do belga Kevin de Bruyne, que repetiu uma estratégia imortalizada por Ronaldinho Gaúcho e cobrou uma falta por baixo da barreira para abrir o placar.

Mesmo jogando fora de casa, o time de Pep Guardiola dominou o jogo desde o começo, apesar de um ímpeto inicial do Cardiff. No segundo tempo, o time da casa teve extrema dificuldade até de ter a bola em seus pés, e o City apenas tocou de lado esperando uma brecha para aumentar o placar ou o fim do jogo.

Kevin de Bruyne repete gol clássico de Ronaldinho

Michael Steele/Getty Images

Mesmo o Cardiff tendo começado animado, conseguindo uma boa escapada pela direita do ataque, quem mais ameaçou foi mesmo a equipe visitante. Quando uma falta foi marcada a alguns passos da entrada da área, o belga De Bruyne cobrou olhando fixamente à bola. A barreira, esperando que a ameaça viesse pelo alto, pulou, mas o tiro passou por baixo. O goleiro Etheridge tentou um golpe de vista, mas ela morreu tranquila no fundo das redes.

Esse chute por baixo da barreira não é exatamente uma novidade, já que ficou conhecido quando Ronaldinho marcou assim pelo Barcelona em 2006 – ele repetiria o feito jogando pelo Flamengo e pelo Atlético-MG anos depois.

City usa arma dos rivais contra eles mesmos: o jogo aéreo

ANDREW BOYERS/Action Images via Reuters

Parecia que o jogo aéreo seria a grande aposta dos galeses. Mas além de eles não conseguirem ameaçar os visitantes, foi pelo alto que tomaram o segundo. Bernardo Silva descolou um cruzamento preciso e deixou Sterling livre na área para cabecear e fazer o segundo.

Juiz anula golaço de português e ninguém entendeu por quê

ANDREW BOYERS/Action Images via Reuters

Aos 25min do primeiro tempo, o português Bernardo Silva fugiu pela direita e acertou um belo chute de canhota no ângulo. Ele já tinha saído para comemorar quando percebeu a bandeirinha levantada pelo auxiliar. O juiz anulou o golaço alegando impedimento de Leroy Sané, que estava na área e supostamente teria interferido na jogada.

Enquanto Silva se indignava dizendo que um impedimento no lance era "impossível", o técnico Pep Guardiola se desesperou no banco e foi advertido pelo árbitro da partida.

Segura esse frango, Bravo!

ANDREW BOYERS/Action Images via Reuters

Quando o City vencia por 1 a 0, o Cardiff teve a chance de empatar graças a um vacilo do goleiro Claudio Bravo. Ao tentar defender um chute de fora da área, o chileno deixou a bola escapulir e ela por muito pouco não cruzou a linha. A partida não contou com árbitro de vídeo, mas o juiz principal não hesitou em deixar o jogo seguir.

Michael Steele/Getty Images

Brasileiros têm atuação segura

Ainda sem Gabriel Jesus, que se recupera de uma lesão sofrida no começo do mês, o City contou com dois brasileiros entre os titulares: o volante Fernandinho e o lateral Danilo. Os dois fizeram partida discreta e ajudaram o time a ganhar as ações no meio-campo. Fernandinho foi amarelado no segundo tempo depois de uma falta por trás. O goleiro Éderson ficou no banco graças ao rodízio de arqueiros promovido por Guardiola.

"Cardifficina": seleção alemã pediu para parar

ANDREW BOYERS/Action Images via Reuters

Foi um jogo leal na maior parte do tempo, mas um lance no final do primeiro tempo chamou a atenção. Quando o atacante alemão Leroy Sané tentou invadir a área, foi parado com um carrinho violento pelo zagueiro Joe Bennett, que entrou com as travas da chuteira e por pouco não machuca o adversário gravemente.

Bennett levou apenas amarelo. Sané foi substituído por Aguero no intervalo. Mas a falta obrigou a seleção alemã a fazer um apelo no Twitter: "Ei, Cardiff, só para você saber, nós temos um torneio realmente importante no verão. Por favor, não machuque nossos jogadores. Obrigado." Bennett tomaria o segundo amarelo (e o vermelho) no final do jogo, por mais uma sapatada violenta.

Outros resultados da Copa da Inglaterra

Mais cedo, o Chelsea venceu por 3 a 0 o Newcastle e também avançou no torneio. 

No sábado, o Liverpool perdeu para o West Bromwich Albion (2 a 3) dentro de casa e foi eliminado. O Tottenham empatou com o Newport (1 a 1) e vai jogar o replay para decidir se avança.

UOL Cursos Online

Todos os cursos