Topo

Esporte


Gabriel Jesus faz no fim, City vence Everton fora e assume a liderança

Gabriel Jesus anotou o segundo gol e definiu a importante vitória do City - Phil Noble/Reuters
Gabriel Jesus anotou o segundo gol e definiu a importante vitória do City
Imagem: Phil Noble/Reuters

Do UOL, em São Paulo

06/02/2019 19h41

O Manchester City é o novo líder do Campeonato Inglês. Na noite desta quarta-feira (6), a equipe comandada pelo técnico Josep Guardiola superou o Everton pelo placar de 2 a 0, no Goodison Park, e ultrapassou o Liverpool na tabela de classificação. O zagueiro Aymeric Laporte, com uma cabeçada certeira na parte final da primeira etapa, e Gabriel Jesus, no último minuto do duelo, foram os responsáveis por dar a 20ª vitória e a primeira colocação da liga para a equipe.

O resultado positivo fora de casa deixou o City com 62 pontos, mesmo número do Liverpool. A igualdade favorece o time de Ederson, Fernandinho e Gabriel Jesus, que possui melhor saldo de gols na comparação com a equipe de Roberto Firmino. O clube de Manchester ainda tem uma partida a mais em comparação ao principal concorrente na briga pelo título (26 a 25).

O triunfo nesta partida adiantada pela 27ª rodada agora deixa a pressão do lado do Manchester City. Para sustentar a liderança, o próximo desafio é um dos mais duros deste segundo turno. No domingo, a partir das 14h (de Brasília), o novo líder do Inglês recebe o Chelsea no Eithad Stadium.

Por outro lado, o Everton, que permanece com 33 pontos e no meio da tabela, retorna a campo no sábado, a partir das 13h, contra o Watford, fora de casa. A equipe dos brasileiros Richarlison e Bernard permanece com a 10ª colocação, também depois de 26 partidas disputadas na Premier League.

Quem foi bem: David Silva

O meio-campista espanhol deu dinâmica e ocupou boa parte do campo na importante vitória do City. Mesmo sem um futebol brilhante da equipe, David Silva se mostrou decisivo também nos momentos mais duros. Saiu do pé esquerdo dele a assistência para Laporte abrir caminho para o triunfo; o camisa 21 deixou o gramado sob aplausos da torcida visitante. 

Quem foi mal: Sergio Agüero

A vitória não ofuscou a atuação bem abaixo do centroavante argentino - ainda mais depois de atuação de gala contra o Arsenal. Diante do Everton, Agüero teve dificuldades diante do sistema defensivo rival e pouco levou perigo ao rival da cidade de Liverpool. Gabriel Jesus chegou a entrar na parte final do duelo e definiu o placar com um gol de cabeça no último lance da partida.

Quem quer ser líder tem que jogar como líder

Time de Guardiola (foto) tem uma partida a mais do que o Liverpool na liga - Carl Recine/Reuters
Time de Guardiola (foto) tem uma partida a mais do que o Liverpool na liga
Imagem: Carl Recine/Reuters

Diferentemente de alguns dos últimos compromissos, quando o Manchester City se apresentou de forma insossa e lenta, o ritmo apresentado nesta quarta-feira (6) mostrou uma equipe diferente. Desde o princípio, a equipe de Pep Guardiola tomou controle do ritmo de jogo e se apresentou como protagonista. O Everton, por outro lado, assumiu uma postura defensiva e trabalhou de maneira reativa durante toda a primeira etapa de jogo.

Insistência premiada

Laporte sobe de cabeça para anotar o gol que deixa o City na liderança - Phil Noble/Reuters
Laporte sobe de cabeça para anotar o gol que deixa o City na liderança
Imagem: Phil Noble/Reuters

A superioridade do City só se tornou vantagem no placar no último minuto da primeira etapa. Aos 46min, David Silva cobrou falta na medida encontrou Laporte bem colocado. O zagueiro subiu sozinho, sem ser incomodado pela marcação, e tocou de cabeça para superar o goleiro Pickford. 

Domínio completo e cansaço

Laporte e Stones sobraram defensivamente e tiveram importante papel no 2 a 0 - Phil Noble/Reuters
Laporte e Stones sobraram defensivamente e tiveram importante papel no 2 a 0
Imagem: Phil Noble/Reuters

A maratona de jogos virou obstáculo para a comissão técnica de Pep Guardiola. Foi visível a queda física do Manchester City durante a segunda etapa. Porém, o Everton não aproveitou. O time visitante prendeu bem a bola no ataque, controlou o ritmo de jogo e recebeu poucas ameaças. Nem mesmo a entrada de Richarlison mudou o panorama do duelo para os donos da casa.

Gabriel Jesus define placar

A bola permanecia o tempo todo no campo do Everton, mas o Manchester City tratou de transformar o resultado em um triunfo mais tranquilo. Praticamente no último lance da partida, Gabriel Jesus recebeu excelente passe, saiu na cara do gol e tentou encobrir Pickford com uma "cavadinha". A bola sobrou para o brasileiro, que desviou de cabeça para fazer 2 a 0 e definir o marcador.

Mais Esporte