UOL Esporte Campeonato Italiano
 
27/09/2009 - 17h37

Vaiado pela torcida e dominado pelo Bari, Milan amarga 0 a 0 em casa

O estádio San Siro foi, por 90 minutos, a casa do Bari. Neste domingo, pela sexta rodada do Campeonato Italiano, a equipe jogou à vontade contra o Milan, dominou os rossoneri, mas amargou um empate sem gols contra o rival, que chegou a ser vaiado pela própria torcida.

Para o jogo, o técnico Leonardo deixou Alexandre Pato no banco de reservas. Ronaldinho atuou mais à frente, ao lado de Huntelaar. Mesmo jogando em casa, os rossoneri levaram o primeiro susto. Aos cinco minutos, Masiello entrou na área pela esquerda e cruzou para Kutuzov; Kaladze evitou a finalização.

Com o Bari explorando as jogadas em velocidade, coube ao Milan tentar parar o adversário com seguidas faltas. Os rossoneri sofriam para chegar ao ataque. Aos 29, os visitantes quase abriram o placar: Rivas se livrou de Abate e Kaladze e bateu colocado, mas a bola foi para fora, rente à trave de Storari.

No minuto seguinte, Alvarez invadiu a área e tocou na saída de Storari; a bola ia para o gol, mas Kaladze tirou em cima da linha e salvou o Milan. Diante da passividade da equipe da casa, os torcedores começaram a vaiar. O Bari continuou com a pressão: aos 35, Storari fez grande defesa em cabeçada perigosa de Bonucci.

A segunda etapa começou com o domínio do Bari. Aos cinco minutos, Donati tocou para Kutuzov, que chutou com perigo. O Milan respondeu três minutos depois. Pirlo cobrou falta de longe, o goleiro Gillet rebateu e Ronaldinho tentou o toque de cabeça, mas o brasileiro estava impedido.

Leonardo colocou Alexandre Pato em campo aos onze, no lugar de Seedorf. Aos 12, Storari fez mais uma defesa difícil em uma finalização de Rivas. No rebote, Donati, sozinho, desperdiçou. Os rossoneri levaram perigo aos 14, quando Ronaldinho recebeu de Pato e chutou, para Gillet mandar pela linha de fundo.

Rivas mandou por cima da meta de Storari aos 19. Leonardo fez mais duas mudanças para tentar melhorar o sistema ofensivo do Milan: tirou Huntelaar e Ronaldinho para as entradas de Inzaghi e Oddo, aos 19 e aos 26 minutos, respectivamente.

Storari mais uma vez apareceu muito bem ao bloquear um chute cruzado de Meggiorini, após passe preciso de Barreto. No minuto seguinte, foi a vez de Gillet trabalhar: o goleiro do Bari pegou uma finalização de Abate. Pirlo ainda tentou nos acréscimos, mas Gillet segurou o chute rasteiro e garantiu o empate sem gols.

Com o resultado, o Milan foi a oito pontos e ocupa um modesto 11º lugar. O Bari está logo abaixo, em 12º, com sete.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host