UOL Esporte Campeonato Italiano
 
09/02/2010 - 19h17

Torcedor do Catania condenado a 14 anos de prisão por morte de policial

Das Agências Internacionais
Em Roma (Itália)

O Tribunal de Menores da cidade italiana de Catania condenou nesta terça-feira a 14 anos de prisão o torcedor do clube de futebol local Antonio Speziale, que em fevereiro de 2007 causou a morte do policial Filippo Raciti durante um conflito no estádio Angelo Massimino.

A briga aconteceu durante a partida entre Catania e Palermo, válida pelo Campeonato Italiano, no dia 02 de fevereiro. Após uma análise das imagens feitas por câmeras de segurança do estádio ficou comprovado que Speziale, na época com 17 anos, atirou tirou uma pia no policial, que teve uma lesão grave no fígado e morreu em consequência de hemorragia interna.

O torcedor também foi condenado a dois anos e seis meses de prisão por resistir às autoridades, mas pode ter a pena revisada já que seus advogados vão entrar com um recurso contra a decisão da Justiça. Daniele Micale, outro seguidor do Catania que participou da confusão, foi indiciado a 11 anos de prisão.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host