UOL Esporte Libertadores
 
24/06/2009 - 23h51

Cruzeiro segue 100% no Mineirão pela atual Libertadores

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
A vitória sobre o Grêmio, por 3 a 1, na noite desta quarta-feira, garantiu não apenas a vantagem de poder perder por 1 a 0 ou dois gols de diferença, desde que marque pelo menos um, na partida de volta, na quinta-feira da próxima semana, em Porto Alegre, como manteve o desempenho de 100% do Cruzeiro no Mineirão, pela Libertadores.

CRUZEIRO SAI EM VANTAGEM
EFE
No primeiro duelo dos técnicos Adilson Batista e Paulo Autuori, personagens marcantes na história de Cruzeiro e Grêmio, o treinador cruzeirense saiu na frente. Em jogo em que o árbitro se machucou e teve se ser substituído, o time mineiro venceu a equipe gaúcha por 3 a 1, nesta quarta-feira, no Mineirão, na partida de ida das semifinais da Copa Libertadores.

Com o resultado, o Cruzeiro obteve vantagem importante para chegar à final da competição. No jogo de volta, na quinta-feira 2 de julho, em Porto Alegre, o time mineiro poderá perder por 1 a 0 ou por dois gols de diferença, desde que marque dois ou mais gols na casa do adversário.
CONFIRA O RELATO COMPLETO
VEJA MAIS IMAGENS DA PARTIDA
PÁGINA ESPECIAL DA LIBERTADORES
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO CRUZEIRO
O time celeste venceu os seis jogos realizados no Mineirão pela edição deste ano da competição internacional. Além do aproveitamento total, a equipe cruzeirense marcou 13 gols e sofreu dois.

A vitoriosa caminhada cruzeirense no Mineirão foi iniciada com a vitória por 3 a 0 sobre o Estudiantes, da Argentina, na estreia do atacante Kléber, que marcou dois gols e foi expulso, em um intervalo de apenas 14 minutos em que ficou em campo.

Ainda na fase de grupos da Libertadores, o Cruzeiro derrotou Universitario de Sucre e Deportivo Quito, ambos por 2 a 0. Nas oitavas-de-final, o adversário foi o time da Universidade do Chile, batido por 1 a 0. No jogo de ida pelas quartas-de-final, o clube celeste ganhou do São Paulo, por 2 a 1.

No último domingo, pelo Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro foi derrotado pelo Barueri, por 4 a 2, quando teve quebrada sua invencibilidade de 27 jogos no Mineirão, em pouco mais de nove meses. A última derrota anterior, no estádio da Pampulha, tinha sido para o Palmeiras, por 1 a 0, em setembro de 2008.

O triunfo sobre o Grêmio ratificou a boa campanha do Cruzeiro na Libertadores, não apenas em casa, mas no geral. Longe de seus domínios, o time do técnico Adilson Batista perdeu apenas um jogo, para o Estudiantes, por 4 a 0, em La Plata, empatou uma vez, contra o Deportivo Quito, no Equador, por 1 a 0, e venceu os outros três.

Os triunfos como visitantes na Libertadores 2009 foram contra o Universitario de Sucre, na Bolívia, por 1 a 0, na fase de classificação, Universidade do Chile, por 2 a 1, em Santiago, e São Paulo, por 2 a 0, no Morumbi, pelas quartas-de-final.

Na partida de volta pela semifinal da competição internacional, o Cruzeiro enfrentará o Grêmio, no estádio Olímpico, em Porto Alegre, em busca de sua sétima vitória consecutiva pela Libertadores.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host