UOL Esporte Libertadores
 
25/06/2009 - 00h18

Alex Mineiro, a aposta de Autuori, decepciona e segue sem marcar

Do UOL Esporte
Em Porto Alegre
CRUZEIRO SAI EM VANTAGEM
EFE
No primeiro duelo dos técnicos Adilson Batista e Paulo Autuori, personagens marcantes na história de Cruzeiro e Grêmio, o treinador cruzeirense saiu na frente. Em jogo em que o árbitro se machucou e teve se ser substituído, o time mineiro venceu a equipe gaúcha por 3 a 1, nesta quarta-feira, no Mineirão, na partida de ida das semifinais da Copa Libertadores.
CONFIRA O RELATO COMPLETO
VEJA MAIS IMAGENS DA PARTIDA
PÁGINA ESPECIAL DA LIBERTADORES
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO GRÊMIO
O Grêmio viajou para Belo Horizonte, para o primeiro jogo da fase semifinal da Libertadores contra o Cruzeiro, com apenas uma dúvida: Alex Mineiro ou Herrera. O treinador Paulo Autuori apostou no primeiro, mas outra vez o atacante decepcionou e segue seu longo jejum sem marcar gol.

"O problema não é do Alex apenas, o Maxi também perdeu gol", comentou depois da partida o treinador gremista Paulo Autuori, procurando tirar a responsabilidade pelo fracasso do time das costas do avante,

Com o insucesso pessoal, Alex completou 115 dias sem colocar a bola na rede adversária. A última vez que isso ocorreu foi em 1º de março, no clássico Gre-Nal disputado no Beira-Rio, que acabou em 2 a 1 para o Colorado.

No Mineirão, nesta noite de quarta, Alex Mineiro teve uma oportunidade claríssima, logo que o jogo começou, mas na bola cruzada da direita acabou errando em bola na pequena área do Cruzeiro. O jogador foi substituído aos 13min da segunda etapa, e só quando Herrera já estava em seu lugar o time conseguiu marcar o seu único gol na derrota por 3 a 1.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host