UOL Esporte Libertadores
 
11/02/2010 - 00h30

Perrella chama árbitro de "safado" e diz que irá protestar na Conmebol

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
  • Zezé Perrella disse que árbitro é o maior safado que viu apitar

    Zezé Perrella disse que árbitro "é o maior safado que viu apitar"

Ao ver dois jogadores do Cruzeiro serem expulsos ainda no primeiro tempo da derrota para o Vélez Sarsfield, por 2 a 0, em Buenos Aires, na noite desta quarta-feira, o presidente do clube mineiro, Zezé Perrella, disse que fará um protesto pessoalmente à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) contra a arbitragem do uruguaio Martín Emilio Vasquez.

“É claro que vou fazer um protesto. Vou pessoalmente ou vou mandar o Maluf (diretor de futebol, Eduardo Maluf). Isso não pode ficar assim. É o que eu digo, na Sul-Americana, nós falamos e eles ‘hablán’. É um bando de bandidos que compactua com um negócio desses”, afirmou Zezé Perrella, em entrevista à Rádio Itatiaia.

Segundo Zezé Perrella, as equipes brasileiras são prejudicadas pela Confederação Sul-Americana, enquanto as equipes argentinas, com o respaldo de Julio Grandona, presidente da Associação Argentina de Futebol (AFA), são beneficiadas.

“Fico realmente indignado. É o que falo, na Sul-Americana quem manda é o presidente da AFA, é o Grandona. Este ano é centenário do Vélez, eles vão fazer tudo para classificar o Vélez, para que ele faça uma boa campanha e contratam um safado uruguaio para nos roubar”, disse o mandatário cruzeirense.

O presidente cruzeirense avaliou como injusta a expulsão de Gilberto, a segunda na Copa Libertadores do mais experiente jogador do time celeste a entrar em campo.

“O Cruzeiro foi prejudicado pela arbitragem. Esse juiz é o maior safado que eu já vi apitar um jogo de futebol. O lance do Gilberto, para mim, nem falta foi. O Gilberto estava de costas, foi um lance acidental e o expulsou com dois minutos. Então é um bandido que não merecia apitar jogo nenhum”, analisou.

Na derrota para o Vélez Sarsfield, Gilberto foi expulso aos 2min de jogo. Ele já havia recebido cartão vermelho no empate em 1 a 1 com o Real Potosí, na Bolívia, pela fase preliminar, aos 20min daquela partida.

Já o zagueiro Gil também foi obrigado a deixar mais cedo o confronto contra a equipe argentina nesta quarta-feira, ao receber o segundo cartão amarelo aos 36min do primeiro tempo.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host