UOL Esporte Libertadores
 
17/02/2010 - 11h21

Goleiro pretendido pelo Inter já tomou 14 gols em seis jogos no ano

Daniel Cassol
Em Porto Alegre
  • Abbondanzieri foi para reserva no último jogo pelo Boca Juniors

    Abbondanzieri foi para reserva no último jogo pelo Boca Juniors

Um dos jogadores "históricos" no Boca Juniors ao lado de Riquelme e Palermo, o goleiro Roberto Abbondanzieri, pretendido pelo Internacional, não vem passando por um momento na carreira vasta de conquistas. Em seis jogos defendendo o Boca este ano, "El Pato" já sofreu 14 gols e foi posicionado no banco de reservas na última partida pelo novo técnico Abel Alvez.

Entre o torneio Clausura e os tradicionais amistosos de início de ano na Argentina, Abbondanzieri defendeu o Boca em seis das oito partidas disputadas em 2010. De lá para cá, foram 14 gols sofridos pelo experiente goleiro argentino, de 38 anos.

Destaque para os quatro gols sofridos diante do Newell's Old Boys pelo campeonato argentino e pela derrota de 3 a 1 no superclássico contra o River Plate, ainda na pré-temporada. Pesa em defesa do goleiro o fato de que em boa parte dos gols os atacantes apareceram livres à sua frente.

Mesmo assim, a fase não é boa, tanto é que o técnico Abel Alvez, que entrou no lugar de Alfio Basile prometendo uma renovação na Bombonera, deixou Abbondanzieri no banco no empate sem gols contra o Atlético Tucumán na partida mais recente do Clausura.

"EL PATO" EM 2010

Newell's 4 x 2 Boca Jrs
Boca Jrs 3 x 1 Lanús
Argentinos 2 x 2 Boca Jrs
Boca Jrs 3 x 3 San Lorenzo
River 3 x 1 Boca Jrs
River 1 x 1 Boca Jrs

O Boca Juniors repatriou Abbondanzieri no início de 2009, depois de uma rápida passagem pelo Getafe da Espanha. Mas a equipe foi mal na temporada, sendo eliminada nas oitavas-de-final da Copa Libertadores e saindo ainda na primeira fase da Copa Sul-Americana, além de não ter passado de uma posição intermediária nos torneios locais.

No início de janeiro, o goleiro já havia anunciado a aposentadoria para o final de 2010, antes de aparecer a proposta do Internacional. Ídolo da torcida do Boca, Abbondanzieri esteve nas conquistas da Libertadores em 2000, 2001 e 2003, e nos Mundiais de 2000 e 2003.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host