UOL Esporte Libertadores
 
17/02/2010 - 13h22

Corinthians pode jogar fora na Libertadores em 3 campos neutros

Bruno Thadeu
Em São Paulo

O fator casa é um obstáculo temido pelos visitantes na Libertadores. Estádios acanhados, pressão da torcida local. Esse diferencial, porém, pode inexistir para o Corinthians na fase de grupos do torneio. O Independiente de Medellín-COL e o Racing-URU, adversários na chave, estudam mandar seus jogos contra o time paulista para outros estádios. Os motivos são distintos.

Já o Cerro Porteño, terceiro adversário gringo, não poderá jogar em casa, conforme punição da Conmebol pela briga generalizada na partida contra o Fluminense, no Maracanã, pela Copa Sul-Americana. O veto não chega a prejudicar o Cerro, que tem o hábito de atuar no Defensores Del Chaco, local do jogo contra o Corinthians. O estádio do Cerro é o General Pablo Rojas, punido pela Conmebol.

O primeiro jogo do Corinthians fora de casa na Libertadores acontece diante do Independiente, dia 10 de março, na Colômbia. Mas o rival corintiano ainda não sabe onde atuará. O estádio Atanasio Girardot, que abriga o Independiente, em Medellín (1.500 m de altitude), será utilizado para os Jogos Militares locais.

A empresa que contratou o estádio descarta trocar o local, destacando que o acordo para utilização da área foi concretizado em outubro do ano passado.

CORINTHIANS NA 1ª FASE

DIA RIVAIS LOCAL
24/02 Racing Pacaembu
10/03 I. Medellín indefinido
17/03 Cerro D. Del Chaco
1º/04 Cerro Pacaembu
14/04 Racing indefinido
22/04 I. Medellín Pacaembu

O time colombiano diz não ter plano B, pois os estádios mais próximos não atendem às exigências da Conmebol. As cidades de Manizales (2.150 m de altitude), Bogotá (2.600 m de altitude) e Barranquila (nível do mar) viraram opções para o time de Medellín.

Em meio à indefinição, o Corinthians avisa já ter feito a pré-reserva de hotel em Medellín.

“O Corinthians já fez pré-reserva de hotel e soube dessa dúvida sobre o local da partida. Mas aguardaremos posição oficial da Conmebol. Se a entidade oficializar a mudança de estádio, o Corinthians cumprirá a determinação”, informou a assessoria de imprensa do time alvinegro.

A equipe do Parque São Jorge também não sabe onde atuará na penúltima rodada da fase de grupos da Libertadores, dia 14 de abril. O Racing, clube modesto do Uruguai, promete estudar oferta de empresários, que sugeriram enviar o duelo contra o Corinthians para Rivera, cidade na divisa com o Rio Grande do Sul.

A possibilidade de faturar com as presenças de Ronaldo e Roberto Carlos anima os dirigentes do Racing, que a princípio mantiveram o estádio do clube como sede da partida. O estádio do Racing tem capacidade para 8 mil espectadores. Em Rivera, o estádio comporta 30 mil.


 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host