UOL Esporte Libertadores
 
20/02/2010 - 11h18

Experiência é reforço do Inter para a Libertadores de 2010

Jeremias Wernek
Em Porto Alegre

O começo da caminhada vermelha rumo ao bicampeonato da Libertadores é na próxima semana e os últimos reforços engordam a lista de jogadores que já disputaram a competição mais importante do continente. A experiência acaba sendo o maior diferencial do Inter em comparação com a penúltima participação, e também a mais gloriosa, em 2006.

OS VETERANOS EM LIBERTADORES DO INTER

  • ABBONDANZIERI

    6

    Três títulos (00, 01, 03)

  • KLEBER

    5

    Chegou nas semifinais em 2007

  • KLEBER PEREIRA

    4

    Três com times mexicanos

  • FABIANO ELLER

    3

    Campeão em 98, com o Vasco

Sorondo e D'Alessandro jogaram duas, cada um. Índio e Guiñazu só atuaram uma vez, no mesmo ano, 2006

O primeiro jogo da Libertadores, há quatro anos, foi diante do Maracaibo, na Venezuela, e o Internacional trouxe na bagagem apenas um ponto, empate cedido no final da partida. Inexperiência que não estará presente nesta temporada. “Hoje somos uma equipe mais experiente. Em 2006 poucos jogadores tinham jogado Libertadores. Eles não tinham tanta bagagem e agora o Inter tem mais gente com experiência”, lembrou o zagueiro Bolívar, remanescente do título.

Vitorioso em sua primeira Libertadores, Bolívar servirá de conselheiro aos mais jovens, mesmo que eles sejam em minoria. “É uma competição que você não pode tropeçar. É algo que mexe com todos e a gente espera já estrear bem. Os adversários da nossa chave venceram e a gente não pode ficar para trás”, disse.

Não há como controlar, o assunto tomar conta de todo bate-papo no Beira-Rio. A obsessão pela Libertadores gera muita ansiedade, que não é escondida pelos atletas. “Em qualquer partida tem ansiedade. Mas a gente sabe que são jogadores experientes e na hora que o juiz apitar passa. É ansiedade de vencer de uma vez”, finalizou Bolívar.

Do Internacional que estreou em 2006 (confira box abaixo), cinco titulares já tinham entrado em campo pela Libertadores antes. São eles: Clemer, Fabiano Eller, Rubens Cardoso, Tinga e Iarley.

Time da estreia em 2006, contra o Maracaibo

  • Clemer; Ceará, Bolívar, Fabiano Eller e Rubens Cardoso; Fabinho, Edinho, Tinga (Jorge Wagner) e Michel (Adriano); Iarley (Perdigão) e Fernandão. Técnico: Abel Braga

Mesmo número número do time atual, que entra em campo contra o Emelec, dia 23. Porém com o fato de que só Abbondanzieri e Kleber somam onze participações, seis do goleiro e cinco do ala. Kleber Pereira, centroavante que ainda está na reserva, já jogou quatro Libertadores. Danilo Silva, Nei, Sandro, Giuliano, Taison e Alecsandro, em compensação, serão os debutantes.

 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host