UOL Esporte Libertadores
 
20/02/2010 - 09h05

Inter deve ficar com 80% dos ingressos para jogo contra o Cerro, em Rivera

Jeremias Wernek
Em Porto Alegre

A direção do Internacional já sabe a capacidade oficial do estádio Atílio Paiva, em Rivera, mas ainda é cautelosa quanto ao número de ingressos que terá a disposição. Em contrapartida, no lado do Cerro a única exigência são entradas para os 20 ônibus já fretados que sairão de Montevidéu além de mais algumas centenas extras. Assim, poderão ser quase 25 mil colorados em solo uruguaio acompanhando a terceira partida da primeira fase da Libertadores.

O jogo está marcado para o dia 18 de março, confirmado pela Conmebol em Rivera, depois de um acordo entre o Cerro – mandante da partida, e empresários da cidade que faz divisa com o Brasil. “Ainda não temos definido quantos ingressos ficarão com o Inter, mas será mais que a metada”, disse o assessor da presidência, Cuca Lima. O estádio Atílio Paiva abriga, oficialmente, 28.300 torcedores.

Sobre os locais de venda, é quase certa a divisão entre Porto Alegre e Santana do Livramento, cidade brasileira ao lado de Rivera. “Como temos muitos colorados naquela região e o jogo é lá, certamente teremos venda de ingressos em Livramento”, completou o cartola.

A mudança de local do jogo, originalmente marcado para a capital do Uruguai, foi pensando na grande arrecadação com os torcedores brasileiros. Além do incentivo dos empresários da região, que negociaram diretamente com o Cerro.

A logística do Internacional já foi definida. Será a mesma usada no clássico Gre-Nal de Erechim, no final de janeiro. Viagem de avião, fretado e retorno logo após o jogo. Inter e Cerro estão no grupo 5 da Libertadores, ao lado dos equatorianos do Emelec e do Deportivo Quito.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host