UOL Esporte Libertadores
 
25/02/2010 - 00h52

Satisfeito, Mano Menezes destaca "maturidade" do elenco corintiano

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Mano Menezes estava satisfeito com a suada vitória do Corinthians diante do Racing (URU) por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, na estreia da Copa Libertadores. Elogiou, principalmente, a “maturidade” de um elenco que sofreu um gol logo no primeiro minuto de partida e não teve afobação para virar o marcador.

“Sabíamos que esse jogo traria tensão ao elenco. Mas o Corinthians mostrou maturidade para ganhar jogos como esse. Não se afobou em nenhum momento. Encontrou dificuldades, mas não procurou resolvê-las de qualquer forma”, destacou o técnico corintiano.

Isso explica porque o Corinthians investiu numa equipe “experiente”. Do time que iniciou o confronto diante dos uruguaios, William, Alessandro, Roberto Carlos, Tcheco e Ronaldo têm mais de 30 anos. A maturidade comemorada pelo treinador corintiano ficou evidente logo após sofrer o primeiro gol.

O elenco corintiano não mostrou nervosismo em nenhum momento, apesar de encontrar um rival retrancado. No segundo tempo, também teve tranquilidade para chegar ao tento da virada. Depois disso, trocou passes sem se mandar com afobação para o ataque em busca de outros gols.

Por isso, na visão do treinador corintiano, a vitória foi “convincente”. “Quantas defesas o Felipe fez? Quantos chutes o Racing deu?”, questiona o treinador. Ele tem razão. De acordo com o Datafolha, o Corinthians finalizou 21 vezes, sendo oito certas, contra uma do rival, a do gol. Felipe, por exemplo, não fez uma defesa sequer.

Mano Menezes só lamentou a ausência de força ofensiva no primeiro tempo. “Faltou força de ataque. Não só pela força física, mas mais contundência, objetividade. Movimentamos muito, mas produzimos pouco.” Por isso, colocou Souza em campo. A aposta deu certo. O atacante deu passe para Elias fazer o gol da vitória.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host