UOL Esporte Libertadores
 
25/02/2010 - 00h43

Treinamento dá resultado e Flamengo faz gol 'inédito' no ano

Cauê Rademaker
No Rio de Janeiro

Quando o tradicional rachão de véspera de jogo terminou na última terça-feira, o técnico Andrade pediu para que os jornalistas se retirassem e treinou exaustivamente cobranças de falta. Estiveram presentes no ensaio Leonardo Moura, Fabrício e Adriano. O resultado apareceu nesta quarta-feira.

Na estreia do time na Libertadores contra o Universidad Católica-CHI, no Maracanã, o Flamengo abriu o placar em cobrança feita com perfeição pelo lateral-direito, aos dez minutos do primeiro tempo. Foi o primeiro gol de falta feito pela equipe na temporada.

“Fui feliz na batida. Quero aproveitar para oferecer o gol para a minha filha, que completa um mês hoje”, disse Leonardo Moura, que prosseguiu: “Eu senti confiança e pedi para o Adriano deixar eu cobrar. Ele apenas me disse para mandar por cima do terceiro homem da barreira. Deu certo e a bola entrou”, completou Leonardo Moura.

Por sinal, o gol representou um alívio para o time no início do jogo. Isso porque, logo aos dois minutos de partida, o volante Willians foi expulso após atingir um adversário no rosto e deixou o Flamengo com dez.

“É um jogo complicado, ainda mais com menos um desde cedo. Mas valeu a disposição e a vontade de todos. O Flamengo jogou bem e mereceu essa vitória”, disse o atacante Adriano.

Menos mal que ainda no primeiro tempo o Universidad Católica teve Mirosevic expulso, o que deixou os times em igualdade. Mas, mesmo assim, os chilenos arriscaram mais e terminaram a primeira etapa com oito chutes a gols, contra apenas dois dos brasileiros.

Contudo, no segundo tempo o Flamengo melhorou e, se não chegou a empolgar, pelo menos marcou mais um gol. E novamente com boa participação de Leonardo Moura, que fez lançamento primoroso para Adriano deslocar Garces. No fim, o lateral-direito foi substituído por Everton Silva e deixou o campo ovacionado pelo torcedor.

"Essa partida vai entrar para o hall das minhas grandes atuações pelo Flamengo. Foi a minha melhor participação no ano e é muito emocionante deixar o campo sendo aplaudido de pé pela torcida", finalizou Leonardo Moura.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host