UOL Esporte Libertadores
 
26/02/2010 - 21h03

Deportivo Quito paga dívida e é liberado para disputar campeonato equatoriano

Das agências internacionais
Em Quito (Equador)

Integrande do grupo do Internacional na Copa Libertadores, o Deportivo Quito vem enfrentando graves problemas em seu país. Nesta sexta-feira, a Federação Equatoriana de Futebol (FEF) suspendeu a punição ao clube, que estava proibido de jogar partidas pelo campeonato profissional local por uma dívida com a Federação e alguns jogadores.

De acordo com o site oficial da entidade, o débito total no valor de US$207 517 que havia com a FEF e com dois jogadores foi paga. “Desta maneira, o Deportivo Quito pode jogar nesta sexta-feira contra o Manta no estádio Jocay”, dizia.

O clube pagou US$161 mil a Federação e mais US$46 517 para os jogadores Johnny Baldeón e Ebelio Ordóñez (ex-Olimpia do Paraguai).

Os comandados do técnico argentino Rubén Darío Insúa haviam sido proibidos na última terça-feira pela FEF de disputar os jogos do campeonato equatoriano que neste fim de semana chega à quarta rodada da fase inicial.

A medida abrangia todas as categorias, mas não representava um impedimento para a Libertadores. No principal torneio continental, o time tem como companheiros de grupo o Internacional, o Cerro-URU e o também equatoriano Emelec.


 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host