UOL Esporte Libertadores
 
10/03/2010 - 21h22

Once Caldas empata com o Monterrey, e São Paulo pode colar na ponta

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Jogadores do Once Caldas comemoram o gol<br/>de Valencia, mas Monterrey consegue o empate

    Jogadores do Once Caldas comemoram o gol
    de Valencia, mas Monterrey consegue o empate

A torcida do São Paulo deu certo. Mesmo com dois jogadores a mais, o líder Once Caldas não foi além de um empate por 1 a 1 diante do Monterrey, em pleno estádio Palogrande, em Manizales. Manteve-se na liderança do grupo 2 da Copa Libertadores, mas viu o fim de seu aproveitamento de 100% no torneio sul-americano e não conseguiu disparar na ponta.

Ou seja, o time do Morumbi pode se aproximar da primeira colocação. O Once Caldas contabiliza sete pontos, quatro a mais que o São Paulo, que pega o lanterna Nacional-PAR, nesta quinta-feira, fora de casa. Se vencer, encerrará o primeiro turno da chave a um ponto de distância para os colombianos. O Monterrey soma quatro pontos.

A expectativa era ver como o então líder Once Caldas se comportaria dentro de casa. Vinha embalado por duas vitórias consecutivas na Libertadores, incluindo um triunfo de virada sobre o São Paulo. O primeiro tempo, porém foi decepcionante. Parou na forte marcação mexicana e se limitou a arriscar de longa distância. Em quase todas, parou em defesas do goleiro Orosco, como ocorreu com Valência, aos 26min.

COMO ESTÁ O GRUPO 2

TIMESPJ
1Once Caldas73
2Monterrey43
3São Paulo32
4Nacional-PAR02

O Monterrey, por outro lado, demonstrou mais qualidade nos passes, não se intimidou com o fato de atuar em Manizales e levou perigo ao gol defendido por Luis Martínez. E foi assim que chegou ao primeiro tento. Aos 32min, Santana aproveitou rápida troca de passes e fez 1 a 0 para os visitantes.

Aparentemente, o time mexicano tinha o domínio da partida, uma vez que conseguia neutralizar as principais peças rivais. Mas um lance começou a mudar o duelo. Aos 12min, Zavala recebeu cartão vermelho e deixou o Monterrey com dez em campo. Para piorar, no lance seguinte, Valencia bateu forte uma falta e deixou tudo igual.

A partir daí, o Once Caldas fez uma espécie de blitz. Aos 38min, Galindo também levou cartão vermelho, e o Monterrey, que teve o brasileiro Val Baiano em campo, ficou com nove em campo. Apesar disso, os colombianos não conseguiram chegar ao gol que significaria o terceiro triunfo na chave.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host