UOL Esporte Libertadores
 
11/03/2010 - 01h30

Mano lamenta fragilidade ofensiva, mas valoriza ponto fora e maturidade

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Antes da viagem à Colômbia, Mano Menezes avisou que o importante diante do Independiente Medellín era pontuar. O Corinthians não conseguiu a vitória e só chegou ao empate aos 39min da etapa final. Diante desse cenário, o empate por 1 a 1 foi bastante comemorado pelo treinador, que só lamentou os erros ofensivos de seus comandados.

“Tomamos um gol aparentemente em impedimento, mas mesmo assim a equipe teve força para chegar com um pouco mais de volume na última parte e empatar o jogo. É importante pontuar”, destacou Mano à TV Globo.

A partida desta quarta-feira foi a primeira do Corinthians fora do Brasil sob o comando do treinador gaúcho. Alguns jogadores também nunca haviam atuado em território estrangeiro e tiveram tal experiência justamente em um duelo de Libertadores.

“Foi um resultado muito positivo. A equipe mostrou que está madura. Foi um grande avanço porque não sabíamos qual seria o comportamento de alguns jogadores”, acrescentou.

Mano só não gostou das oportunidades desperdiçadas pelo Corinthians antes de sofrer o gol de Valoyes aos 31min do segundo tempo. Assim como expressou Roberto Carlos, ele viu o Independiente dando alguns espaços e respeitando a equipe brasileira.

“Tivemos muitas oportunidades para encaixar uma jogada ofensiva melhor na etapa final e definir o jogo, mas não aproveitamos”, lamentou Mano.

Com o empate desta noite, o Corinthians chegou aos quatro pontos e lidera o grupo 1 de maneira isolada. A delegação alvinegra retorna na madrugada de sexta-feira para o Brasil e no domingo joga pelo Paulista diante do Santo André, em Barueri. Na próxima quarta, novo compromisso pela Libertadores, desta vez contra o Cerro Porteño, no Paraguai.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host