UOL Esporte Libertadores
 
12/03/2010 - 00h05

Jogadores do Cruzeiro divergem na análise do empate em Caracas

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte

Os jogadores do Cruzeiro adotaram discurso diferente em relação ao empate com o Deportivo Itália, lanterna do grupo 7 da Libertadores, na noite desta quinta-feira, em Caracas. Teve atleta que destacou a importância do ponto conquistado fora de casa, enquanto outros lamentaram o resultado.

Para o atacante Thiago Ribeiro, por exemplo, o ponto conquistado pela equipe mineira foi importante para a classificação. Já o jovem volante Pedro Ken lamentou a igualdade e a perda dos dois pontos.

“O jogo foi ruim, jogo controlado, sofremos um gol em um escanteio curto, tivemos uma desatenção. Conseguimos virar, tivemos chances de fazer o terceiro e matar o jogo, mas não conseguimos e tomamos o gol de empate na hora errada. Mas pelo menos saímos com um ponto”, disse Thiago Ribeiro.

Com o empate na Venezuela, o time mineiro desperdiçou a oportunidade de chegar à liderança do grupo 7 da Libertadores. Caso vencesse com uma diferença de dois gols, o time do técnico Adilson Batista ultrapassaria o líder Velez, que ainda irá enfrentar o Colo-Colo, na próxima terça-feira, pela terceira rodada da competição.

Com a manutenção do segundo lugar e com a possibilidade de cair para a terceira colocação, caso o Colo-Colo derrote o Velez no confronto, o volante Pedro Ken considerou o empate como com gosto de derrota para a equipe mineira.

O CRUZEIRO NO TWITTER

“Fica um gosto. A gente conseguiu virar o placar, depois em uma desatenção acabamos tomando gol de empate, mas temos de levantar a cabeça, agora vamos jogar em casa e precisamos da vitória, pois só depende da gente, mas o resultado não foi o esperado”, comentou Pedro Ken que foi titular na partida desta quinta-feira.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host