UOL Esporte Libertadores
 
12/03/2010 - 02h41

Kleber nega efeitos da altitude e diz que cumpriu ordens de Jorge Fossati

Do UOL Esporte
Em Porto Alegre

Depois do resultado de 1 a 1 com o Deportivo Quito, o vice de futebol do Internacional, Fernando Carvalho, fez coro com o discurso de que a altitude afetou o desempenho do time na etapa final. O problema foi um ruído na comunicação com o ala Kleber, citado pelo cartola com um dos jogadores mais afetados pela altura. O atleta não só negou o fato como disse ter cumprido determinações do técnico Jorge Fossati, de não apoiar tanto no segundo tempo.

“Saímos daqui com resultado satisfatório, nossos jogadores sentiram a altitude. O Kleber e o Bruno não desceram por isso no segundo tempo”, disse Fernando Carvalho à Rádio Bandeirantes, logo depois do apito final no estádio Atahualpa. O time gaúcho simplesmente não atacou na etapa complementar, sequer chutando ao gol de Ibarra. Como efeito, a defesa vermelha sofreu e Abbondanzieri teve que fazer milagres para assegurar o empate.

Apontado como um dos mais prejudicados pelos 2.850 metros acima do nível do mar, Kleber falou tranquilamente sobre seu rendimento. “Não senti não. Tem que se analisar o esquema e fizemos o que o treinador pediu”, revelou, em entrevista à Rádio Gaúcha. “Não tínhamos que ter pressa para jogar, ainda mais com a altitude. Tínhamos que saber a hora de atacar. Dentro daquilo que a gente se propôs, deu certo”, completou o ex-jogador do Santos e Corinthians.

De todo jeito, a pressão exercida pelos donos da casa foi admitida pelo camisa seis. “A gente acabou recuando, não tivemos a posse de bola do primeiro tempo. Com mais posse de bola o resultado seria outro”, ponderou Kleber.

Jorge Fossati falou sobre altitude em sua entrevista coletiva, porém, não citou nomes daqueles que tiveram a atuação prejudicada pela peculiaridade de Quito. No segundo tempo, Abbondanzieri atuou com uma entorse no tornozelo direito, que será reavaliada na chegada em Porto Alegre. O técnico promoveu as entradas de D’Alessandro, Wilson Mathias e Taison, com a intenção de retomar qualidade na frente, porém não teve sucesso.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host