UOL Esporte Libertadores
 
31/03/2010 - 10h40

Contra o Monterrey, Washington aposta em histórico de gols fora de casa

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Washington tem um histórico favorável em jogos fora de casa pela Copa Libertadores com a camisa do São Paulo: dos oito gols que fez no torneio, cinco foram longe do Morumbi. E é neste retrospecto que a equipe brasileira confia. O camisa 9 quer manter sua boa fase e se consolidar como um dos artilheiros da competição.

O atacante soma cinco gols na edição 2010 da Libertadores. Diante do Monterrey, o atacante espera manter o bom momento no México. “Não é muito comum, pois normalmente o jogador costuma fazer mais gols em casa. Mas é uma coisa boa, pois mostra que o time cria oportunidades fora de casa também. Espero que continue assim e eu siga marcando gols", explicou Washington.

No ano passado, Washington marcou dois gols na vitória por 3 a 1 sobre o América de Cali, na Colômbia. Já na primeira partida das quartas de final, ele fez o único gol do São Paulo no Mineirão contra o Cruzeiro.

Já neste ano, os gols do triunfo diante do Nacional, no Paraguai, foram feitos por ele. Com oito gols, ele já começa a ameaçar o recorde de Rogério Ceni. Com 11 gols, o goleiro é o maior artilheiro da história do clube na competição.

O próprio Rogério já deixou claro que espera que o atacante bata seu recorde. Na troca de gentilezas, Washington torce por Ceni, para que o camisa 1 possa aumentar sua contagem também. Assim quem sairá vencedor com os gols da dupla será o São Paulo.

"Fico feliz pelo Rogério ter falado isso. Sei que tenho uma responsabilidade grande. Torço não só para mim, mas também para que ele aumente sua marca. Se todo mundo marcar, o São Paulo vai avançando de fase", completou o são-paulino.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host