UOL Esporte Libertadores
 
31/03/2010 - 12h03

Para Thiago Ribeiro, empate com Vélez é "muito ruim" para o Cruzeiro

Gustavo Andrade
Em Belo Horizonte

Mais do que se classificar às oitavas de final da Copa Libertadores, o Cruzeiro almeja alcançar a primeira colocação do grupo 7. Assim, o atacante Thiago Ribeiro descarta a possibilidade de um empate nesta quarta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), no Mineirão.

“Apenas um resultado nos interessa, que é a vitória. Outro resultado que não seja esse, para a gente, vai ser muito ruim”, afirmou o atacante, para quem o Vélez buscará o empate no Mineirão.

“Vi uma matéria que o Vélez vem com o intuito de buscar um ponto e para a gente, se isso acontecer, é muito ruim. Temos que, desde o primeiro minuto, tentar dar esse abafa inicial, que ajuda muito fazer um gol no começo do jogo. Temos de ter atenção atrás, mas a todo momento buscar a vitória”, disse.

O Vélez Sarsfield lidera o grupo 7 com dez pontos, três a mais que o Cruzeiro. Já o Colo-Colo é o terceiro colocado com quatro pontos e o Deportivo Itália é o lanterna, com apenas um ponto.

Para manter as esperanças de encerrar a primeira fase na liderança da chave, a equipe comandada por Adilson Batista precisa vencer. Caso contrário, o time mineiro será obrigado a bater o Colo-Colo fora de casa, na última rodada, em 15 de abril. O time argentino enfrenta o Deportivo Italia em Buenos Aires.

Nesta quarta-feira, Thiago Ribeiro espera que o Cruzeiro faça prevalecer o mando de campo e possa ir a Santiago, na última rodada, como o líder do grupo.

O CRUZEIRO NO TWITTER

“É um jogo decisivo em que jogamos no Mineirão. Temos que usar esse fator a nosso favor. Todo mundo tem consciência que precisa se doar. Às vezes, só jogar bem não é suficiente, temos que procurar colocar vontade, determinação, e usar o mando de campo para vencermos e nos igualarmos ao Vélez”, observou.

Pelo regulamento da Libertadores 2010, apenas os campeões de grupo e os melhores seis segundos colocados avançam ao mata-mata, totalizando 14 classificados. Neste ano, San Luis e Chivas Guadalajara, do México, foram convidados a retornar à competição a partir das oitavas de final para compensar o fato de terem deixado a edição anterior devido ao conflito causado pelo surgimento da gripe A.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host