UOL Esporte Libertadores
 
08/04/2010 - 16h31

Exame descarta fratura em Tcheco; Felipe e Moacir seguem fora

Alexandre Sinato
Em São Paulo

Tcheco ainda não sabe quanto tempo precisará ficar afastado no Corinthians. O meia foi submetido apenas a um exame de raio-X que descartou a fratura no tornozelo esquerdo, mas o inchaço no local impediu a realização da ressonância magnética. Já os também lesionados Felipe e Moacir continuam em tratamento e não participaram da atividade no gramado desta quinta-feira.

A lesão de Tcheco preocupa o departamento médico. Existe a suspeita de ruptura de ligamento. No entanto, por culpa do inchaço, ele não pôde passar por mais exames nesta quinta. Uma drenagem foi feita no local.

Mesmo que não tenha sofrido uma ruptura no tornozelo, Tcheco precisará ficar pelo menos 15 dias em tratamento, desfalcando o Corinthians nos últimos dois jogos da fase classificatória da Libertadores. Os adversários serão Racing (dia 14) e Independiente Medellín (dia 22).

Felipe e Moacir são dúvidas para encarar o Racing no Uruguai. O goleiro sofreu uma lesão na coxa direita e desfalcou a equipe nos últimos quatro jogos, dando lugar ao jovem Rafael Santos.

Moacir, por sua vez, tem um problema no tendão calcâneo e só deve voltar a trabalhar no gramado na próxima segunda-feira. Alessandro também ficou em tratamento nesta tarde. O camisa 2 voltou a ser relacionado para encarar o Rio Claro na última quarta-feira, mas sentiu um desconforto após o treino da véspera e não jogou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host