UOL Esporte Libertadores
 
08/04/2010 - 19h18

Ronaldo diz que foge da balança porque está traumatizado com o peso

Alexandre Sinato
Em São Paulo

Um dia depois da eliminação do Corinthians no Paulista, Ronaldo concedeu uma entrevista coletiva no Parque São Jorge para desviar o foco da campanha decepcionante, como ele mesmo assumiu. E nos 28 minutos da conversa, o atacante abordou diferentes temas, entre eles um tabu: o seu peso. Ronaldo revelou que foge da balança porque o assunto o deixou traumatizado.

O Fenômeno também revelou que embora não goste de ver jogos de futebol pela televisão, os Meninos da Vila e Messi fazem com que ele acompanhe com frequência aos jogos de Santos e Barcelona.  Questionado sobre Roberto Carlos, Ronaldo se emocionou ao resumir sua convivência com o lateral-esquerdo, lembrando até a convulsão que teve em 1998, antes da final diante da França na Copa do Mundo.

Por fim, o atacante do Corinthians negou qualquer briga com Mano Menezes e avisou que não desistiu da Copa de 2010, admitindo, porém, que não tem feito por merecer uma vaga na equipe de Dunga. 

Peso

"Não sei dizer o meu peso porque essa história me deixa um pouco traumatizado, então evito ao máximo subir na balança, mas fisicamente estou dois degraus abaixo em uma escala de dez degraus. Não me pesei, mas se tivesse me pesado também não diria. Isso não tem importância nenhuma, vocês ficam querendo se escorar nessa história. O peso atrapalha em campo, mas essa é uma discussão muito longa, pois no ano passado não atrapalhou."
Elogios aos Meninos da Vila

"Na semifinal e na final vou assistir aos jogos do Santos. Aqueles moleques estão arrebentando realmente, é preciso tirar o chapéu para eles. É um grupo jovem com muita qualidade e que está jogando um futebol bem alegre, bem ofensivo, do jeito que o brasileiro gosta de ver. Não costumo ver partidas de futebol na TV porque geralmente tem pouca emoção, mas o jogo do Santos vou assistir porque com certeza terá muita emoção."
Roberto Carlos

"Vocês querem me fazer chorar... Conheço o Roberto há muitos anos. Ele faz coisas que não gosto, como assistir a todos os jogos de futebol. O estilo de música também é bem diferente do meu. Ele diz que salvou a minha vida em 1998 e eu acredito, porque naquela ocasião, com a velocidade que tinha, ele deve ter corrido muito para chamar o médico [no episódio da convulsão durante a Copa]. Temos uma história juntos digna de livro. É um exemplo de amizade. Temos diferenças, mas nossos valores são idênticos. É um grande amigo."
Copa de 2010?

"Não desisti de nada, só que já ouvi comentários do outro lado dizendo que eu estava fazendo essa pressão toda e nunca fiz pressão nenhuma, sempre respondi as perguntas que fizeram. Pelo que joguei neste ano não mereço ir à seleção brasileira, acho que isso é claro e evidente, mas continuo à disposição. É meu país, minha seleção e seria um grande orgulho voltar a defendê-la. Meu começo de ano foi bastante complicado e a lesão muscular atrapalhou, ainda não consegui chegar no melhor da minha forma física e técnica."
Messi de videogame

"O que o Messi faz realmente deixa todo mundo entusiasmado. O que o treinador do Arsenal falou eu repito todos os dias aqui: aquele menino tem uma facilidade de conduzir a bola próxima aos pés que parece realmente videogame. Eu me divirto ao vê-lo jogar. Tenho assistido às partidas do Barcelona, que está jogando muito. É muito complicado fazer comparações, também já sofri muito com isso. Acho que um jogador pode lembrar uma qualidade de outro, mas dizer quem foi melhor é complicado."
Polêmica com Mano

"O engraçado dessa polêmica criada da minha relação com o Mano é que a única coisa que mencionaram era que eu não gostava de concentração e colocaram isso como motivo de uma briga que nunca existiu. Não gosto de concentração e sempre falei isso, mas nunca vou pedir para sair ou para não concentrar. Existe o respeito e sou profissional, cumpro meus deveres. Mas vivemos em uma democracia e me sinto no direito de dizer o que gosto. Isso não é motivo de briga."

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host