UOL Esporte Libertadores
 
12/04/2010 - 18h17

Apesar de curado, Adriano não viaja e desfalca Flamengo novamente

Cauê Rademaker
No Rio de Janeiro

Não será nesta quarta-feira que o Flamengo poderá contar com Adriano. Embora os médicos do clube afirmem que o jogador está curado da lombalgia, o Imperador ainda não sente confiança para entrar em campo e desfalcará a equipe no duelo de quarta-feira pela Libertadores, contra a Universidad Catolica, em Santiago-CHI.

“Ele está curado, mas precisa trabalhar para poder jogar. Não seria o ideal o Adriano atuar na quarta-feira. Achamos que é melhor se preparar durante a semana para jogar no domingo, contra o Botafogo”, disse o médico Marcio Tannure.

Desta forma, o atacante ficará no Rio de Janeiro treinando ao lado dos demais jogadores que não viajarão. A delegação rubro-negra embarca às 8h desta terça-feira para Santiago, em voo fretado. 

“Ele está livre do departamento médico e está treinando, mas não se sente confiante. Então conversamos e achamos melhor ele evoluir essa semana para o jogo de domingo”, prosseguiu Tannure. 

No entanto, na última sexta-feira o Imperador havia treinado normalmente e praticamente assegurado sua participação no clássico contra o Vasco. Contudo, no sábado apareceu sentindo mais dores nas costas e foi vetado. 

O FLAMENGO NO TWITTER

Nesta segunda-feira, Adriano fez exercícios físicos no gramado da Gávea e não disputou o coletivo ao lado dos reservas. “Ele sempre quer jogar, mas no sábado foi vencido pela dor, apesar da vontade dele”, disse Marcio Tannure. 

Essa será a 11ª partida na temporada que Adriano deixará de disputar pelo Flamengo. Antes da lombalgia, já ficou afastado por conta de uma bolha no calcanhar esquerdo, por estar servindo à seleção brasileira, para ser poupado e também perdeu jogos após barraco que se envolveu com sua noiva em baile funk no Rio de Janeiro, quando foi afastado e aprimorou a parte física.

Curiosamente, o time está invicto sem seu camisa 10, com nove vitórias e apenas um empate. Adriano não atuou nos três últimos jogos da equipe. Foi poupado contra o Friburguense, assim como os demais titulares, mas depois ficou fora dos confrontos contra Universidad do Chile (2 a 2) e Vasco (2 a 1). Seu último jogo foi diante do América, na vitória por 2 a 1, no dia 28 de março. Na temporada, já fez 12 gols em 11 duelos.

Sem o Imperador, é provável que Andrade mantenha Bruno Mezenga no ataque ao lado de Vagner Love. Até mesmo porque o treinador não poderá contar com o meia Michael, outro que não viajará. O jogador sente dores na coxa direita e, assim como Adriano, ficará na Gávea se preparando para a decisão da Taça Rio no domingo, às 16h, contra o Botafogo. Vinicius Pacheco deve retornar ao time.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host