UOL Esporte Libertadores
 
15/04/2010 - 09h17

Dupla de ataque do Cruzeiro no Chile marcou 22 gols no último Brasileiro

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
  • Thiago Ribeiro (f) está confiante em repetir o êxito da dupla com W. Paulista diante do Colo-Colo

    Thiago Ribeiro (f) está confiante em repetir o êxito da dupla com W. Paulista diante do Colo-Colo

Sem poder contar com o companheiro Kléber, na partida desta quinta-feira, às 21h50 (horário de Brasília), em Santiago, contra o Colo-Colo, o atacante Thiago Ribeiro quer repetir ao lado de Wellington Paulista uma dupla de sucesso, no Campeonato Brasileiro do ano passado. Juntos, os dois jogadores fizeram 22 gols pelo Cruzeiro na competição nacional, ajudando o time a se classificar para a disputa da edição deste ano da Libertadores.

Os dois atacantes querem agora ajudar o Cruzeiro a chegar à próxima fase da Libertadores. “O Wellington é um jogador de área como o Kléber, para mim não muda, jogamos muitas partidas aqui no Cruzeiro, sempre que jogamos juntos conseguimos bons resultados e a gente tem tudo para fazer um bom jogo e classificar o Cruzeiro”, disse Thiago Ribeiro.

Kléber sofreu um estiramento muscular na coxa direita e não viajou ao Chile. Essa será a segunda partida da Libertadores, em 2010, que o Gladiador não poderá jogar. Na primeira em que ele esteve ausente, o Cruzeiro venceu por 2 a 0 o Deportivo Italia, no Mineirão. Na época, o gladiador cumpriu suspensão pela expulsão que teve diante do time venezuelano, no primeiro jogo, em Caracas.

Na única partida em que Kléber esteve fora do time titular do Cruzeiro na atual Libertadores, no entanto, os gols do triunfo foram marcados por dois jogadores do meio de campo: Fabinho e Pedro Ken.

Procurando diminuir a falta do Gladiador, o companheiro de ataque Thiago Ribeiro quer aproveitar a necessidade de golear do Colo-Colo, que precisa vencer o time mineiro por 4 a 0 para ficar à frente do clube brasileiro no grupo 7, para sair do Chile com a vitória.

“Se eles ganharem de um do Cruzeiro ou perder de três é a mesma coisa, vão ficar fora, então, a gente tem de usar este desespero deles de acharem que podem golear o Cruzeiro para a gente utilizar o contra-ataque para surpreender”, finalizou Thiago Ribeiro.

O CRUZEIRO NO TWITTER

No Brasileiro do ano passado, Wellington Paulista foi o principal artilheiro do Cruzeiro, com 14 gols marcados, enquanto Thiago Ribeiro marcou oito e foi o vice-goleador celeste. Kléber, ao lado de Gilberto, balançaram sete vezes as redes adversárias.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host