UOL Esporte Libertadores
 
19/04/2010 - 12h42

Jogo da Libertadores deve frustrar amistoso entre Corinthians e Botafogo

Alexandre Sinato
Em São Paulo

As oitavas de final da Libertadores devem impedir o Corinthians de fazer o amistoso com o Botafogo no próximo final de semana. A resposta ao clube carioca ainda não foi enviada, mas dificilmente Mano Menezes aceitará a realização da partida com a força máxima às vésperas de um duelo importante.

O Corinthians terá um compromisso fora de casa na próxima semana, poucos dias depois do possível amistoso.  E será um duelo pelas oitavas de final da Libertadores. O adversário só será conhecido após a partida diante do Independiente Medellín nesta quinta-feira, quando o time paulista buscará a condição de líder geral entre os classificados.

O diretor de futebol Mário Gobbi confirmou o convite feito pelo Botafogo e condicionou a aceitação a uma análise da comissão técnica. “Não sabemos onde será o jogo da Libertadores, não sabemos a distância e a logística disso tudo. Já pensou se vamos ao México e perdemos porque fizemos o amistoso?”, comentou o dirigente.

Logo depois, o mesmo Gobbi avisou que pretende mandar a resposta ao Botafogo na noite desta segunda-feira. Ou seja, ainda sem conhecer o adversário das oitavas de final. E o Corinthians não deve arriscar a prioridade no ano de seu centenário por um amistoso no Rio de Janeiro.

O Botafogo convidou o time paulista por dois motivos: os dois clubes têm o mesmo patrocinador de camisa (grupo Hypermarcas) e os cariocas gostariam de contar com a presença de nomes como Ronaldo e Roberto Carlos em uma partida festiva, marcada para entregar a faixa de campeão estadual ao Botafogo.

Desde que não avançou às semifinais do Paulista e acabou eliminado, o Corinthians tem aproveitado as semanas livres para intensificar os treinos físicos e táticos, folga almejada pela comissão técnica para corrigir deficiências apresentadas pelo time neste início de temporada.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host