UOL Esporte Libertadores
 
25/04/2010 - 07h08

Cicinho afirma estar 100% e atribui sua moderação ofensiva ao 4-4-2

Carlos Padeiro
Em São Paulo
  • Sou o mesmo Cicinho, porém com uma maneira diferente de jogar devido à equipe atuar no 4-4-2

    "Sou o mesmo Cicinho, porém com uma maneira diferente de jogar devido à equipe atuar no 4-4-2"

O Cicinho versão 2010, que retornou ao São Paulo após mais de três anos na Europa, não é o mesmo de 2005, quando foi campeão da Libertadores e do Mundial da Fifa. O camisa 23 não apóia o ataque com tanta frequência, característica que o levou a disputar a Copa do Mundo de 2006.

Assim que deixou a Roma e voltou ao Brasil, o atleta de 29 anos sofreu com problemas físicos. Agora, ele assegura estar 100% e atribuiu sua moderação ofensiva à formação tática adotada por Ricardo Gomes.

“Sou o mesmo Cicinho, porém com uma maneira diferente de jogar devido à equipe atuar com dois zagueiros. Em 2004 e 2005, o São Paulo jogava no 3-5-2, e eu tinha totais condições de chegar ao ataque. Fazer isso no 4-4-2 é mais complicado”, comentou o ídolo da torcida.

Ele até brincou sobre sua condição física. “Contra o Once Caldas o Carlinhos [Neves, preparador físico] pediu para eu correr um pouco menos e ficar na marcação. Se não corro estou mal preparado, se corro é para parar de correr [risos]...”

As estatísticas Datafolha comprovam a preocupação defensiva de Cicinho. Contra o Once Caldas, ele foi o segundo principal ladrão de bolas da equipe tricolor com 13 desarmes, número inferior apenas aos 16 de Miranda.

O lateral realizou apenas duas jogadas de linha de fundo e dois cruzamentos, os dois errados. “Há momentos em que posso atacar, mas defendo mais. Tomei duas ou três bolas nas costas, e o Ricardo me cobrou isso.”

Contra o Santos, no domingo passado, também foi tímido com quatro lances de linha de fundo. “Como atacar o Santos de Robinho, Neymar, André, Ganso, Leo, Madson? Isso deixa o sistema defensivo vulnerável. Tive problemas físicos no começo, mas hoje estou 100%. Sou o Cicinho de sempre”, finalizou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host