UOL Esporte Libertadores
 
27/04/2010 - 07h02

"Coadjuvante", Love quer roubar cena no clássico e ameaça até "cascudos" em Adriano

Cauê Rademaker
No Rio de Janeiro

Os quatro atacantes que defenderam a seleção brasileira na última Copa do Mundo atuam no Brasil. Nesta quarta-feira, dois deles, que formavam a dupla titular em 2006 - Adriano e Ronaldo, se enfrentarão pela primeira vez em território nacional, pela Libertadores. Porém, um outro centroavante, também com algumas convocações no currículo, quer roubar a cena no Maracanã.

Trata-se de Vagner Love. Contratado no início do ano pelo Flamengo, o jogador chegou para ser o parceiro de Adriano. Contudo, as boas atuações e os muitos gols o fizeram se tornar rapidamente ídolo da torcida, que vaiou o Imperador na semana passada, contra o Caracas, e poupou o camisa 9.

Por conta desse bom retrospecto na temporada até aqui, Vagner Love acredita que pode roubar a cena na quarta-feira e desbancar tanto Adriano quanto o corintiano Ronaldo, no confronto de ida das oitavas de final da Libertadores entre Flamengo e Corinthians, às 21h50.

VEJA OS CONFRONTOS DA LIBERTADORES *

Datas Horários Duelos
27/04 20h45 San Luis x Estudiantes
27/04 23h00 Chivas x Vélez Sarsfield
28/04 19h30 Universitario x São Paulo
28/04 21h50 Flamengo x Corinthians
28/04 21h50 Banfield x Internacional
29/04 19h00 Cruzeiro x Nacional (URU)
29/04 21h15 Alianza Lima x U. de Chile
29/04 23h30 Once Caldas x Libertad

“O duelo entre eles será muito bom, um atrativo à parte. Acredito que serei coadjuvante, mas, quando a bola rolar, espero brilhar mais que eles”, afirmou o atacante flamenguista.

Não é para menos a confiança de Vagner Love. Na temporada, já foram 17 gols marcados, sendo 15 feitos no Estadual do Rio e dois na Libertadores. Na competição regional, encerrou como artilheiro, algo que desde 2001, com Edilson, o Flamengo não tinha.

De qualquer forma, enquanto a partida não começa, o atacante sabe que os holofotes estarão voltados para Ronaldo e Adriano. Por conta disso, na hora de apostar em um dos dois, não titubeia e crava no Imperador. Nem que seja sob ameaças.

“Eles foram parceiros da última Copa do Mundo e cada um defende um clube de grande torcida do futebol nacional. São as duas maiores. Espero que o Maracanã esteja lotado para acompanhar esse duelo. E eu já avisei ao Adriano que se ele não levar a melhor, vai ganhar uns cascudos meus”, brincou Vagner Love.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host